Elon Musk sugere que seu “amor” pelo Bitcoin chegou ao fim

Musk também tentou promover a criptomoeda Dogecoin, comparando ela com o banco central dos EUA, que imprime dólares indefinidamente.

Siga no
Elon Musk interpretando Wario. Imagem: Youtube
Elon Musk interpretando Wario. Imagem: Youtube

O CEO da Tesla, Elon Musk, parece não ter se cansado de falar mal do Bitcoin. Na noite desta quinta-feira (03) o magnata se referiu a moeda digital com uma imagem que mostra um homem e uma mulher prestes a terminar um relacionamento, deixando implícito que seu “amor” pelo Bitcoin acabou.

Na imagem compartilhada pelo bilionário, é visto que uma mulher e um homem conversam sobre a separação. A mulher enfatiza que conheceu outra pessoa, com a expressão “Eu falei que se você falasse das músicas do Linkin Park de novo, nosso relacionamento acabaria, mas encontrei outra pessoa”.

O homem, por outro lado, se refere à música “In The End” do Linkin Park, enfatizando que ele “nem percebe”.

Coração partido

Depois da tuítada o Bitcoin caiu mais de 5%, já que muitos entenderam que Musk realmente “rompeu” com a criptomoeda.

Musk inseriu emoticons com Bitcoin e um coração partido. Isso imediatamente levou a uma venda em pânico da moeda – aparentemente, muitos investidores decidiram se livrar de suas reservas por precaução.

Ele já havia derrubado o preço do Bitcoin ao anunciar no dia 18 de maio que não seria mais possível pagar por veículos elétricos da Tesla com a moeda digital. Na época ele também disse que o motivo era o impacto ambiental da atividade de mineração.

No entanto, ele disse que a Tesla poderia aceitar a moeda digital novamente se o impacto sobre o carbono diminuísse. Musk também esperava ver a Tesla aceitar pagamentos com Bitcoin novamente logo depois, alegando que estava conversando com mineradores norte-americanos sobre o consumo de energia e no impacto do carbono.

Assim, de acordo com a interpretação que o mercado parece ter feito dele, o tweet publicado por Musk na quinta sugere que, finalmente, a Tesla poderia abandonar definitivamente o Bitcoin, o que justifica a queda mais recente.

Musk também tentou promover a criptomoeda Dogecoin, comparando ela com o banco central dos EUA, que imprime dólares indefinidamente.

Em vão, a moeda meme caiu 15%.

O co-criador da Dogecoin (DOGE), Billy Marcus, comentou o tweet de Musk com palavras da mesma música. O CEO da Tesla respondeu com outro meme, após o qual o preço da moeda digital continuou a cair.

Em resposta aos tuítes de Musk, Changpeng Zhao, o CEO da maior corretora de criptomoedas do mundo, Binance, recomendou que os usuários não sejam manipulados, adicionando a hashtag #HODL à postagem.

O mercado de criptomoedas ainda é extremamente sensível às tuítada do bilionário – o que é conhecido como “efeito Elon Musk”, que significa a movimentação de um ativo depois de mencionado pelo CEO da Tesla.

Em maio, um tweet do empresário provocou um aumento de 20% no preço da DOGE.

Musk tem grande poder de influencia e ele sabe disso, mas parece não se importar.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Reguladores correm contra o tempo para regular criptomoedas

Após mais de uma década da criação do Bitcoin e do desdenho do governo, o setor de criptomoedas se tornou grande demais para ser...
Corretora de criptomoedas do BTG Pactual

BTG Pactual divulga vaga de emprego para sua corretora de criptomoedas

O BTG Pactual publicou a primeira vaga de emprego para sua corretora de criptomoedas que será lançada em breve no Brasil. Chamada Mynt, o anúncio...
Joe Biden. (Imagem: Wikimedia)

Biden planeja indicar crítica de criptomoedas para Gabinete Controlador da Moeda

Joe Biden, presidente dos EUA, planeja nomear Saule Omarova, professora de direito que publicamente se demonstrou ser contra as criptomoedas, para comandar o Escritório...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias