Inicio Bitcoin Em queda, Bitcoin bate recorde de volatilidade em 2019

Em queda, Bitcoin bate recorde de volatilidade em 2019

Maior nível já registrado no ano!

-

Compartilhe
Em queda, Bitcoin bate recorde de volatilidade em 2019

A queda dos preços do Bitcoin arrasaram o criptomercado desde o dia 10 de julho, com um recorde na volatilidade sendo batido em 2019. Certamente, para quem esperava uma imensa valorização dos preços do Bitcoin (BTC), o cenário ainda é de cautela.

Isso porque, analisando os últimos meses, a performance de valorização do Bitcoin ainda é excepcional. Entretanto, o tom dos últimos dias tem colocado os traders de Bitcoin em alerta, principalmente pela consolidação de preços do BTC.

Bitcoin bate recorde de volatilidade no mês de julho em meio a queda nos preços

Certamente o ano de 2019 mostra sinais animadores após um terrível inverno cripto em 2018. Além disso, o Bitcoin hoje continua tendo uma ótima valorização no ano, saindo de U$ 3,700 mil em janeiro e chegando a U$ 11,500. Claro que isso chama atenção de investidores e especuladores, em geral, que podem se assustar com quedas muito bruscas.

E foi certamente o que aconteceu no dia 10 de julho, quando o Bitcoin iniciou seu dia valendo cerca de U$ 13,100. Entretanto, já pela noite estava valendo U$ 11,700, uma queda considerável em meio a rumores.

Fonte: CoinMarketCap

Além disso, cabe o destaque que a volatilidade de preços do Bitcoin atingiu seu topo anual. Em junho de 2019, o indicador já havia mostrado estar alto, entretanto, no início de julho um novo recorde foi atingido. A volatilidade do Bitcoin, de acordo com índice, está em cerca de 5,53% nos últimos 30 dias. Considerando ainda o período de 60 dias, a medida está em 5,08%, no momento da escrita deste.

Fonte: https://www.buybitcoinworldwide.com/volatility-index/ – Acesso em 11/07/2019

Essa característica assustadora de preços do Bitcoin, entretanto, tende a sumir com o tempo. De acordo com o cofundador da Coinlist, em entrevista à CNBC, disse que “as criptomoedas ficarão menos voláteis na medida em que amadurecerem”.

Motivos da queda nos preços do Bitcoin ainda é apurado pela comunidade de criptomoedas mundial

Um dos motivos que derrubou o Bitcoin pode ter sido uma mineradora de criptomoedas. Isso porque, essa tentou obter mais recompensa por bloco do que está programado. Entretanto, não conseguiu e Jamesson Lopp afirmou que o “Bitcoin é uma fortaleza impenetrável”.

Cabe o destaque que a rede Bitcoin possui um consenso para validar um bloco, chamado proof of work. Além disso, cada bloco minerado passa pela aprovação dos nodes, que são parte da segurança da rede.

Entretanto, de acordo com uma pesquisa realizada pela Bitmex em seu Twitter, o caso pode não ter ligações com a queda do Bitcoin. A empresa acabou chamando o caso de apenas “coincidência”.

Finalmente, o criptomercado segue de olho nos preços e na tecnologia, que apesar dos testes continua segura. Fique ligado no Livecoins para mais informações a qualquer momento.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Congressistas entendem a diferença entre a Libra e o Bitcoin

A criptomoeda Libra tem sido associada ao Bitcoin, entretanto, há diferenças entre os projetos. De acordo com Charlie Shrem, os congressistas dos EUA conseguem...

Como ganhar dinheiro com a volatilidade do bitcoin

O Bitcoin é um ativo bastante volátil, ele possui mais de 63% de volatilidade anual. Isso significa que ele pode retrair ou expandir 63%...

Bitcoin atinge R$ 1 bilhão em negociações no Brasil e quebra recorde na América Latina

O Brasil registrou mais de R$ 1 bilhão em negociações envolvendo o bitcoin. A criptomoeda vive um importante momento de expansão na América Latina....

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Clientes da Indeal defendem empresa

Após uma investigação da Polícia Federal, os negócios da Indeal deixaram de ser operados em todo o Brasil. A investigação resultou na prisão de...

Bitcoin vai subir? Trader aponta U$ 16 mil em breve

Na última semana o preço do Bitcoin em real ultrapassou os R$ 50 mil, a desvalorização veio forte. No momento da escrita deste, a...
 

COMENTÁRIOS

MAIS LIDOS

Congressistas entendem a diferença entre a Libra e o Bitcoin

A criptomoeda Libra tem sido associada ao Bitcoin, entretanto, há diferenças entre os projetos. De acordo com Charlie Shrem, os congressistas dos EUA conseguem...

Como ganhar dinheiro com a volatilidade do bitcoin

O Bitcoin é um ativo bastante volátil, ele possui mais de 63% de volatilidade anual. Isso significa que ele pode retrair ou expandir 63%...

Bitcoin atinge R$ 1 bilhão em negociações no Brasil e quebra recorde na América Latina

O Brasil registrou mais de R$ 1 bilhão em negociações envolvendo o bitcoin. A criptomoeda vive um importante momento de expansão na América Latina....

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Clientes da Indeal defendem empresa

Após uma investigação da Polícia Federal, os negócios da Indeal deixaram de ser operados em todo o Brasil. A investigação resultou na prisão de...
Compartilhe