Inicio Bitcoin Empresa de mineração de Bitcoin é condenada a devolver R$ 313 mil...

Empresa de mineração de Bitcoin é condenada a devolver R$ 313 mil para cliente

Empresa pode escolher entre pagar indenização material ou entregar 34 computadores modificados para a mineração da criptomoeda.

-

Compartilhe
Justiça caso Hash Brasil

Uma decisão judicial terminou com a condenação da HashBrasil. A justiça determinou que fosse devolvido a vítima cerca de R$ 313 mil referentes a investimentos realizados na empresa.

Com atividades de mineração na nuvem, a Hash Brasil oferecia um serviço diferenciado. Investidores “compravam” computadores preparados para minerar bitcoin. Porém, os computadores ficavam armazenados na China. Sendo assim, a mineração do bitcoin acontecia através da nuvem, em um processo de gerenciamento mantido pela Hash Brasil.

Hash Brasil deixou de pagar investidor

Após investir R$ 313.942,50, a vítima disse que enfrenta problemas para ser ressarcida pela Hash Brasil. O processo movido na justiça mostra que esse valor foi entregue à empresa, para ser investido em 34 computadores voltados para a mineração do bitcoin. Contudo, a Hash Brasil teria deixado de honrar com os compromissos de pagamento para a vítima.

No momento em que o processo foi movido, o autor da ação estava em suposta posse de doze CPU’s modificadas para minerar bitcoins. Inicialmente ficou proposto que a Hash Brasil forneceria assessoria para a vítima, através do executivo da Leonardo Janiszevski.

Como pagamento pelo serviço prestado, o autor da ação repassaria 18% de todo o lucro líquido das operações envolvendo a mineração do bitcoin. Porém, após oito meses em que o contrato entre as partes foi celebrado, a Hash Brasil deixou de honrar com os repasses para a vítima.

Computadores comprados pelo cliente estão na China

O contrato celebrado entre as partes foi motivo de contestação por parte da justiça. Além de erros jurídicos, algumas cláusulas não explicitam claramente os direitos e deveres das partes envolvidas. Dentre eles está a posse ou não dos computadores adquiridos pelo autor da ação.

De acordo com o contrato da Hash Brasil e do cliente que move o processo, os computadores comprados estão na China. A Hash Brasil supostamente oferecia toda a assistência diante do negócio, porém, nada garantia a entrega física das máquinas para o autor da ação. Com isso, os equipamentos estariam alocados na China.

Para o autor do processo reaver os computadores, os equipamentos deveriam ser retirados na China. O contrato entre a empresa de mineração na nuvem e o cliente fala sobre a retirada dos equipamentos.

Tecnicamente, o autor da ação comprou a posse dos equipamentos, mas cabe a ele retirar os computadores de acordo com o contrato firmado entre as partes. Essa retirada deveria acontecer em até dez dias. Caso contrário, a Hash Brasil poderia se apropriar dos equipamentos.

Empresa deve pagar indenização material ou entregar computadores

A justiça entendeu que não seria de responsabilidade da vítima retirar os equipamentos na China. Por mais que a cláusula estivesse no contrato, a justiça entendeu que as máquinas devem ser entregues para o autor da ação. Após a rescisão do contrato, caberá a Hash Brasil entregar os equipamentos que seriam do investidor que procurou a justiça.

A Hash Brasil poderá escolher entre a devolução dos computadores ou o pagamento de uma indenização material. De acordo com a justiça, a indenização seria no valor total investido pelo autor da ação, em mais de R$ 313 mil.

Esse valor deverá ser pago, ou os computadores entregues à vítima, em até trinta dias, conforme determinou a decisão judicial sobre o processo. A correção monetária do valor total da ação deverá ser levada em conta no momento da Hash Brasil ressarcir o autor da ação. Os valores gastos pelo proponente da ação com honorários advocatícios também deverá ser incluído nesse cálculo de pagamento. Nesse caso, o valor foi fixado em 10% do valor total da ação.

XDEX:Negocie bitcoin com TAXA ZERO. Aproveite também para negociar outras 6 criptomoedas com as menores taxas do mercado.Abra sua conta, é grátis!
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Innova Mine: A cidadela da mineração e trade de criptomoedas

A Innova Mine é um novo projeto da indústria de criptomoedas que opera um modelo de negócios revolucionário. A empresa está sediada na Austrália...

MyAlice: Ex-sócio denuncia esquema em empresa de criptomoedas, “sumiram mais de 100 bitcoins”

Uma grave denúncia contra a MyAlice foi realizada por um ex-sócio da empresa no Facebook. Através de depoimento, Jean Kássio mostra como os negócios...

MP abre inquérito contra a Dreams Diggers por suposto esquema de pirâmide

O Ministério Público, por meio da 5ª Promotoria da Justiça do Consumidor de Salvador (BA), acaba de abrir inquérito civil para investigar a Dreams...

O valor da escassez dos ativos digitais

O setor de jogos evoluiu muito nas últimas décadas, uma das primeiras e grandes mudanças foi a eliminação da mídia física, reduzindo custos de...

A história das moedas físicas de Bitcoin

Uma das principais características do Bitcoin é que ele é totalmente digital, todavia, com o passar dos anos algumas pessoas começaram a criar moedas...

“Dinheiro não existe”: justiça orienta vítimas a sacarem tudo da Unick Forex

A Unick Forex está sendo investigada pela justiça brasileira. Após uma filial do escritório da empresa ser fechado no interior do Rio Grande do...

Banco Central do Brasil aposta em blockchain para criar sistema interbanco

Mais uma vez o Brasil sai na frente ao inaugurar um sistema interbancário através da tecnologia blockchain. O projeto é mantido pelo Banco Central...

Visa, Uber e Paypal vão apoiar a criptomoeda do Facebook

A criptomoeda do Facebook ganhou importantes aliados, como a Visa, Uber e Paypal. As três empresas anunciaram que apoiam a GlobalCoin. A previsão é...

Halving do Litecoin pode ser o maior evento de 2019

Certamente discutir sobre preços de criptomoedas é algo paradoxal, logo não é o foco discutir essa perspectiva. Isso porque o halving do Litecoin (LTC)...
 

COMENTÁRIOS

Compartilhe