Especialistas prevêm preço do Bitcoin para 2024, veja os alvos

Ainda para 2024, os especialistas entrevistados pelo Finder acreditam que o Bitcoin chegará a US$ 77.423. O número é uma média das 38 respostas e representa uma alta de 81,2% em relação ao preço atual de US$ 42.580.

Uma pesquisa realizada pelo Finder reuniu 40 especialistas do setor de criptomoedas para saber o que eles esperam para o Bitcoin nos anos de 2024, 2025 e 2030. Otimistas, em média, os convidados acreditam que o bitcoin chegará a US$ 77.423 ainda neste ano.

O painel contou com nomes famosos como Jason Lau, diretor de inovações da OKX, Simon Peters, analista de mercado da eToro, e Vetle Lunde, analista sênior da K33 Research.

Além de serem questionados sobre o preço, puramente dito, os convidados também responderam questões sobre o impacto do halving e os motivos por trás da alta dos últimos meses.

Bitcoin pode atingir novo recorde de preço em 2024, apontam especialistas

Ainda para 2024, os especialistas entrevistados pelo Finder acreditam que o Bitcoin chegará a US$ 77.423. O número é uma média das 38 respostas e representa uma alta de 81,2% em relação ao preço atual de US$ 42.580.

“O potencial do Bitcoin para atingir US$ 80.000 em 2024 pode ser atribuído a vários fatores”, explicou Kadan Stadelmann, CTO da Komodo, um dos entrevistados. “Primeiro, grandes empresas e investidores institucionais [estão] demonstrando interesse crescente [no bitcoin, o que] provavelmente impulsionará a demanda.”

“Em segundo lugar, a aprovação de ETFs à vista torna [a exposição] mais acessível do que [foi em] ciclos anteriores. Por último, e mais importante, o halving de 2024 reduzirá a oferta recém-emitida de 6,25 BTC para 3,125 BTC por bloco, criando uma escassez que tende a aumentar seu valor.”

Embora esse preço pareça alto, vale lembrar que o Bitcoin valorizou 156% em 2023. Portanto, precisaria valorizar apenas metade disso em 2024 para chegar ultrapassar os US$ 75.000.

Conforme mencionado por Stadelmann, há grandes motivos para que acreditar que isso aconteça.

Executivos esperam mais alta para 2025

Um dos maiores sonhos dos investidores é que o Bitcoin ultrapasse a barreira dos US$ 100.000. Segundo os entrevistados pelo Finder, isso deve acontecer ainda em 2025. Na média das 38 respostas, a previsão é de US$ 122.688 para o próximo ano.

“Para ver um mercado em alta, provavelmente precisaremos de alguma forma de QE (flexibilização quantitativa)”, comentou Josh Fraser, cofundador do Origin Protocol, mencionando a política monetária do Fed e outros bancos centrais.

“É provável que vejamos uma flexibilização quantitativa até ao final de 2024, embora seja provável que as ramificações disto não tenham pleno efeito até ao início de 2025.”

Nesta quarta-feira (31), o Fed manteve a taxa de juros inalterada, entre 5,25% e 5,5%. No entanto, o mercado prevê que os cortes iniciem ainda no primeiro semestre desse ano.

Alta infinita até 2030

Em relação ao longo prazo, daqui a 6 anos, os especialistas entrevistados pelo Finder estão ainda mais otimistas. A média das 37 respostas revelou um alvo nos US$ 366.935 para 2030, uma alta de 761% em relação ao preço atual.

Usando a cotação atual do real, de R$ 4,93 para cada US$ 1, isso significa que o Bitcoin chegaria a R$ 1,8 milhão por unidade.

Embora esse prazo esteja longe, o lado positivo é o investidor pode ter tempo para organizar seus investimentos. Uma estratégia famosa que pode dar resultados é o DCA (dollar cost averaging), que consiste em pequenos e contínuos aportes mensais.

Outras perguntas respondidas pelos especialistas

Quando questionados se é hora de comprar, segurar ou vender Bitcoin, 57,5% dos entrevistados afirmaram que é hora de comprar e 37,5% que é hora de segurar. Apenas 5% deles recomendaram venda.

Especialistas acreditam que é hora de comprar ou holdar Bitcoin, não de vender. Fonte: Finder.
Especialistas acreditam que é hora de comprar ou holdar Bitcoin, não de vender. Fonte: Finder.

Sobre o preço atual, 54% deles afirmaram que o Bitcoin está “subvalorizado”, ou seja, deveria estar mais caro. Enquanto isso, 33% responderam que o preço está justo e apenas 13% apontaram para sobrevalorizado.

Em relação a recente alta do Bitcoin nos últimos meses, os entrevistados atribuíram diversos fatores a isso. Como exemplo, citaram a antecipação da aprovação dos ETFs e também do halving, o crescimento de investimentos institucionais e a maior demanda por ativos escassos.

Por fim, os efeitos do halving também foram analisados pelos especialistas. 58% deles acreditam que tal evento iniciará um mercado de alta no Bitcoin.

Por outro lado, 10% apontaram que não teremos um bull run em 2024, mas outros 28% apontaram que haverá sim uma corrida de touros neste ano, mas não por conta do halving. Na sequência, também estimaram quanto tempo levará para o halving ter efeito no preço.

Mais da metade dos especialistas entrevistados pelo Finder estão confiantes que halving dará início a uma corrida de touros no Bitcoin em 2024. Fonte: Finder.
Mais da metade dos especialistas entrevistados pelo Finder estão confiantes que halving dará início a uma corrida de touros no Bitcoin em 2024. Fonte: Finder.
47% dos entrevistados acreditam que Bitcoin atingirá novo recorde de preço 6 meses após o halving. Fonte: Finder.
47% dos entrevistados acreditam que Bitcoin atingirá novo recorde de preço 6 meses após o halving. Fonte: Finder.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias