“Estou sendo humilhado pela Binance”, diz brasileiro que teve bitcoins bloqueados

Caso complicado, com desencontros de informações, estão deixando cliente chateado com suporte da corretora em seu caso.

Aplicativo da Binance na mão de pessoa
Aplicativo da Binance na mão de pessoa

Um trader brasileiro depositou 2 bitcoins na Binance e estava utilizando a corretora como carteira até ter sua conta travada. Sem grandes explicações, o cliente da corretora procurou o suporte para entender o que aconteceu.

Em conversas pelo chat da Binance Brasil, ele chegou a receber a confirmação que teria seu saldo liberado no dia 30 de novembro.

Conhecendo o Bitcoin desde 2012, ele conseguiu acumular todo esse patrimônio ao longo dos anos, que alega ser todo o seu dinheiro investido. Em conversa com o Livecoins, o investidor explicou mais detalhes sobre o seu desesperador caso.

Trader alega que no começo tudo deu certo com a corretora

Em seu relato sobre o caso, o trader que prefere não ser identificado disse que começou a utilizar a Binance em outubro de 2021. Na época, ele chegou até a corretora pela sua reputação de mercado, depositando 1,98 Bitcoin em sua conta.

Apesar de estar no mercado há alguns anos, ele nunca tinha tido problemas com corretoras, o que o levou a confiar na empresa. Após o depósito, ele chegou a efetuar um saque para pagar algumas contas, lembrando que deu tudo certo durante este processo.

Desde que iniciou na corretora, ele já deixou seu cadastro completo e verificado para evitar quaisquer problemas, visto que a Binance passou a exigir a verificação de identidade de todos os seus clientes.

Início dos problemas: conta travada e bitcoins presos na Binance

No entanto, alguns dias depois, já no mês de novembro de 2021, por um acaso ele foi conferir seu saldo na Binance, quando se deparou com a mensagem de que sua conta estava travada.

Conta de brasileiro foi travada na Binance, que foi pego de surpresa
Conta de brasileiro foi travada na Binance, que foi pego de surpresa /Print enviado por cliente

Naquele momento, ele alega que se assustou muito com a mensagem e já correu ao suporte. Neste local de atendimento, o cliente disse que os atendentes não quiseram lhe explicar sobre os problemas que causaram o travamento de sua conta.

Sem entender o que estava acontecendo e com todo o seu Bitcoin preso na Binance, o brasileiro chegou a registrar uma queixa no Reclame Aqui, no dia 21 de novembro. Naquele momento, ele lembrou que não recebeu aviso prévio e nem explicações sobre o porquê do bloqueio, com sua reclamação sem resposta até hoje por aquela plataforma.

“Vamos liberar seu saldo dia 30 de novembro”

Em conversas pelo chat, o cliente disse que não foi bem tratado. Uma das explicações foi sobre sua conta poder ser congelada a qualquer momento e que ele consentiu com isso ao assinar os termos de uso da plataforma.

Nesse dia, após insistir com o atendente para ter acesso a mais informações, ele foi advertido que se continuasse entrando no chat todos os dias seria bloqueado seu atendimento, o que o deixou triste com o tratamento recebido.

Atendente da Binance ameaça bloquear cliente se ele continuar indo ao chat todos os dias
Atendente da Binance ameaça bloquear cliente se ele continuar indo ao chat todos os dias /Print de cliente

Mesmo assim, ele manteve o contato com o chat da Binance e chegou a ter esperança de reaver seu Bitcoin. Em um dos atendimentos, o atendente declarou claramente que sua conta seria desbloqueada no dia 30 de novembro, após duas semanas de quando começou o problema.

Atendente confirmou que saldo de Bitcoin seria liberado no dia 30 de novembro, o que não aconteceu
Atendente confirmou que saldo de Bitcoin seria liberado no dia 30 de novembro, o que não aconteceu /Print de cliente

Chegando na fatídica data, acreditando que poderia sacar seus Bitcoins da Binance sem problemas, o brasileiro logou na corretora às sete da manhã, quando viu que sua conta continuava bloqueada. De volta ao chat, ele passou o dia tentando resolver o problema, quando recebeu a mensagem que sua conta continuava bloqueada e seu caso poderia demorar meses a ser resolvido.

Afirmando que a “Binance está lhe humilhando“, ele novamente foi até o Reclame Aqui contar sua história sobre a corretora, visto que seu saldo não foi bloqueado na data prometida e o investidor continua sem explicações do que motivou isso.

Em conversa com a reportagem, ele alega que começou a atrasar boletos e está muito preocupado em perder tudo que juntou ao longo de seu tempo no mercado.

O que diz a Binance?

Procurando entender o caso do trader, o Livecoins procurou a Binance Brasil para maiores esclarecimentos. Contudo, questionada sobre o problema, a corretora enviou apenas uma singela nota sobre o caso.

“O usuário deve aguardar o fim do processo de averiguação”.

O cliente ainda se diz surpreso com a posição da Binance em seu caso, visto que esse valor estava em outra corretora brasileira da qual ele confia muito e nunca teve problemas antes. Além disso, é preocupante saber que há uma investigação em curso da qual ele não tem detalhes e sequer consegue se defender, com seu dinheiro ainda preso.

Ele alega que o dinheiro tem origem e ele chegou a oferecer provas para a corretora, que se negou a receber o dinheiro e comentar o caso para o cliente. No mercado há alguns anos, mas sempre confiando em corretoras, o brasileiro disse que já comprou uma hardware wallet para guardar seus Bitcoins quando conseguir o acesso novamente.

Recentemente, outro cliente teve preso R$ 32 milhões pela Binance, em um caso similar a este.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias