Notícias

EUA confirmam venda de R$ 1 bilhão em Bitcoin e mais 41.490 (R$ 6 bi) terão o mesmo destino

Share

Em documento publicado nesta sexta-feira (31), o governo dos EUA confirma a venda de 9.861 bitcoins por US$ 215,5 milhões (R$ 1 bilhão). A negociação ocorreu no dia 14 de março, uma semana após o montante ter sido enviado à corretora Coinbase.

Na data, o Bitcoin subiu dos US$ 24.210 para US$ 26.530, mas fechou o dia nos US$ 24.750. Conforme não há informações sobre como a venda foi realizada, se por OTC (venda de balcão) ou no mercado aberto, não há como dizer se ela teve impacto no preço do Bitcoin.

Em destaque, Bitcoin chegou a subir no dia em que os EUA despejaram R$ 1 bilhão em BTC, mas apresenta um grande pavio após recuar US$ 1.800.

Outro ponto a ser analisado é que os EUA ainda possuem 41.490 bitcoins, equivalentes a R$ 6 bilhões na cotação atual, que terão o mesmo destino.

EUA mudam estratégia de venda sobre bitcoins confiscados

Enquanto muitos pensavam que os EUA leiloariam seus 205.515 bitcoins (R$ 29,3 bilhões), como fez em casos passados, as autoridades americanas estão tomando um caminho diferente.

O motivo pode ter ligação com o amadurecimento do mercado. Afinal, ele não apenas está mais líquido como também conta com corretoras listadas em bolsas. Portanto, os EUA optaram vender estes bitcoins no mercado.

Os 9.861 bitcoins vendidos estão ligados ao hack da Silk Road, de 2012. No entanto, a prisão do James Zhong só aconteceu em novembro de 2021, data em que confiscaram mais de 50.000 bitcoins em uma lata de pipoca.

“Com relação aos 51.351,89785803 Bitcoins confiscados no caso Ulbricht perante o juiz Schofield, o governo começou a liquidá-los (vendê-los).”

“Em 14 de março de 2023, o Governo vendeu 9.861,1707894 BTC (dos 51.351.89785803 BTC) por um total de US$ 215.738.154,98”, aponta o documento oficial. “Após [o pagamento de] US$ 215.738,15 em taxas de transação, os recursos líquidos para o governo foram de US$ 215.522.416,83 (R$ 1,09 bilhão).”

Ou seja, o Bitcoin aguentou forte uma venda de R$ 1 bilhão, seguindo sua tendência de alta nos dias seguintes e fechando o trimestre com valorização de 72%.

Mais R$ 6 bilhões em Bitcoin terão o mesmo destino, colocando pressão vendedora sobre o mercado

Seguindo, os EUA informam que os bitcoins restantes também serão despejados no mercado. Portanto, teorias de que o governo americano estaria se tornando um detentor de bitcoin foram abandonadas.

“Dos bitcoins perdido no caso Ulbricht, restam aproximadamente 41.490,72 BTC, que o governo entende que deverá ser liquidado em mais quatro lotes ao longo deste ano civil.”

Ou seja, podemos esperar mais quatro vendas de bitcoin equivalentes a R$ 1,5 bilhão pelo governo americano neste ano, totalizando R$ 6 bilhões. Apesar do mercado ter absorvido a primeira pancada, o montante assusta, principalmente com investidores preocupados com a liquidez do Bitcoin.

Por fim, os EUA também apreenderam 25 moedas físicas de Bitcoin da coleção Casascius, com cerca de 174 bitcoins no total, bem como diversas barras de metais como ouro e prata que estavam sob a posse de James Zhong. O governo ainda não anunciou o leilão destes itens.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.
Curta no Facebook, Twitter e Instagram.
Comentários
Autor:
Henrique HK