BCE sugere euro digital com limite de saldo e penalidades

O Banco Central Europeu é um dos maiores bancos na corrida pela criação de uma moeda digital.

Siga no

O membro do Banco Central Europeu (BCE), Fabio Panetta, disse que o euro digital pode repassar taxas de juros negativas aos clientes. Falando em um evento na quarta-feira (10), Panetta afirmou que as autoridades que querem evitar corridas aos bancos podem tornar o acúmulo do dinheiro digital uma opção pouco atraente, penalizando quem tiver mais de 3.000 euros, aproximadamente R$ 19.487.

Panetta falou sobre os riscos para os bancos comerciais se a Europa lançar um euro digital, ele explicou três tipos potenciais de riscos para os bancos com uma moeda digital do banco central (CBDC).

O primeiro risco é de desintermediação bancária. Se mais pagamentos forem feitos usando um euro digital diretamente das carteiras digitais dos clientes, os bancos participarão em menos pagamentos. Além disso, as pessoas também podem preferir manter fundos em uma carteira digital, em vez de uma conta bancária.

Sem esses fundos, os bancos teriam que obter recursos em outro lugar, o que provavelmente seria mais caro e teria um efeito na liquidez, fazendo com que os bancos comerciais tenham menos empréstimos disponíveis.

O segundo risco, e o mais comentado, é a potencial corrida aos bancos em tempos de crise. Segundo Panetta, um euro digital pode ter desvantagens porque, ao contrário do dinheiro comum, e na ausência de restrições, ele poderia ser mantido em grandes volumes e sem custo. Isso poderia acelerar as “corridas digitais” dos bancos comerciais em direção ao banco central, levando os clientes a reduzir seus fundos em bancos e ampliando a volatilidade também em tempos normais.

Por fim ele falou sobre o risco de um maior uso internacional do euro. Do lado positivo, poderia ser uma forma útil de pagamentos para transações de varejo entre países, e facilitaria remessas.

Mas se as pessoas que não moram na Europa começarem a deter fundos significativos em euro digital, poderá haver aumentos ou reduções muito rápidos nas participações quando houver crises internacionais.

Euro digital pode penalizar cidadãos

A principal preocupação de Panetta e de outros membros do BCE é que os consumidores, tendo a opção de dinheiro digital disponível diretamente com a autoridade financeira de um país, passem a esvaziar suas contas bancárias e causar instabilidade financeira.

Segundo Panetta, aplicar taxas de juros de -1% ou -2% no euro digital pode não ser um grande impedimento para as pessoas fazerem isso durante crises. Ele disse que o sistema teria que incorporar remuneração escalonada “altamente penalizante”.

“Em tempos de crise pode ser necessário ajustar a remuneração da moeda digital, mas isso pode sinalizar que o banco central está se antecipando a tensões financeiras, levando a uma instabilidade autorrealizável”, disse ele.

Para maximizar os benefícios e minimizar o risco de se tornar uma forma de investimento, Panetta afirmou que limitar a quantidade de euros digitais que os clientes podem ter é uma opção.

Além disso, penalizar a remuneração das participações em euros digitais de clientes que tiverem mais que um limite estabelecido pelo banco seria outra forma de avançar.

“Como medida de referência, um limite de € 3.000 seria mais do que a maioria dos cidadãos possui hoje e estaria acima do salário médio mensal na maioria dos países da europa. A remuneração escalonada poderia fornecer uma forma menos distorcida de desincentivar grandes detenções de euros digitais […]. Isso impediria um euro digital de substituir outras formas de investimento e facilitaria a substituição de moeda em países fora da área do euro.”

O Banco Central Europeu é um dos maiores bancos na corrida pela criação de uma moeda digital. O BCE e a Comissão Europeia começaram a trabalhar no ativo digital no ano passado, isso porque as pessoas estão usando cada vez mais métodos de pagamento digital.

O banco central só tomará uma decisão sobre a emissão ou não do euro digital depois de analisar todas as características e potenciais do ativo. A decisão deve acontecer até meados deste ano.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Bilionário Mark Cuban irrita comunidade ao falar mal das criptomoedas

Mark Cuban, bilionário que investe em Bitcoin e outras criptomoedas, voltou a irritar a comunidade das criptomoedas ao comparar sua explosão com a bolha...

Rafael Portugal perdeu R$ 1,2 milhão na pirâmide do “Faraó dos bitcoins”

A GAS Consultoria se tornou uma das mais notórias pirâmides de Bitcoin do Brasil e causou um prejuízo bilionário para investidores em todo o...

Jornalistas e investidores de criptomoedas são estúpidos, diz Nassim Taleb

Nassim Taleb, renomado escritor e investidor, voltou atacar o Bitcoin nesta quinta-feira (22). Segundo ele, o Bitcoin é igual a bolha das tulipas porém...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias