Ever Investimentos é possível golpe criado por ex-funcionário da MSK Investimentos

Empresa suspendeu pagamentos e logo foi alvo de operação policial em São Paulo.

Moeda Bitcoin entre algemas e acima de notas de dinheiro
Moeda Bitcoin entre algemas e acima de notas de dinheiro

No final de fevereiro de 2022, a empresa Ever Operações e Investimentos foi alvo de uma operação policial que prendeu seus dois principais líderes, após acusações de um possível golpe por clientes.

Em um primeiro instante, muitos clientes acreditaram que essa operação policial havia mirado a MSK Investimentos, visto que ambas as possíveis pirâmides financeiras atuam em São Paulo e com promessas fixas de 5% ao mês.

A suspeita que recai sobre a Ever é que ele tenha subtraído R$ 70 milhões de seus clientes, suspendendo os pagamentos no mês de fevereiro de 2022. Já a MSK suspendeu pagamentos em dezembro de 2021, o que chamou atenção ao caso pela polícia.

Pelo Reclame Aqui, várias denúncias de clientes já informam que o negócio ruiu e pouca satisfação foi dada, principalmente após a prisão dos líderes em fevereiro.

Negócio da Ever caiu após repercussão da GAS Consultoria e MSK Investimentos

O Livecoins conversou com a Polícia Civil de São Paulo para entender como tudo aconteceu entre a investigação e deflagração de operação contra a Ever Investimentos.

Em um resumo compartilhado com a reportagem, restou claro que a operação contra a empresa aconteceu após a repercussão dos casos da GAS Consultoria Bitcoin e MSK Investimentos, ambas casos recentes que podem ser claros golpes de pirâmides.

Em continuidade as Investigações pertinentes a esta Delegacia Especializada sobre Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro, diante da grande quantidade de notícias divulgadas pelas mídias de várias “empresas de assessoria de criptoativos”, dentre elas, G.A.S Consultoria e Tecnologia Ltda e a MSK  Operações e Investimentos Ltda, as quais são investigadas por ter formato de um esquema de pirâmide, buscamos por outras empresas que potencialmente estariam atuando de forma semelhante“.

A Ever Investimentos então se destacou nas investigações pela promessa de até 5% ao mês, similar ao que a MSK realiza para seus clientes.

Líder aprendeu a construir pirâmide após participar da MSK

A investigação policial detectou que as semelhanças com o possível esquema da MSK iam além da rentabilidade prometida. Isso porque, um dos líderes da Ever Investimentos trabalhou na empresa MSK, onde aprendeu o esquema criminoso, segundo a investigação da PC-SP apura e que o Livecoins obteve acesso.

“Durante as investigações, descobrimos que Edson Orivaldo Lara trabalhou na empresa MSK, foi lá que apreendeu o esquema criminoso de pirâmide.”

Assim como a MSK, em outra semelhança, a Ever anunciou em fevereiro último a suspensão de pagamentos de rendimentos a clientes, com reclamações explodindo e o caso chegando ao conhecimento das autoridades.

No dia 21 de fevereiro de 2022, uma operação policial buscou os líderes da Ever e prenderam uma dupla. Eles são suspeitos de abrirem empresas de fachadas para aquisição de bens para usufruto deles, além de captar recursos com clientes sem autorização da CVM no Brasil.

As buscas nos endereços e empresas dos investigados ainda apreenderam farta documentação comprovatória, 5 veículos avaliados em R$ 2 milhões, dinheiro em espécie e relógios de luxo.

O pagamento de rendimentos era chamado pela empresa de “dividendos”, embora o caso se aproxime de uma pirâmide financeira.

Clientes começam a conseguir bloqueios de bens em nome da Ever

E embora os líderes estejam presos e a empresa tenha sumido com os rendimentos prometidos, clientes da Ever já começaram a ingressar com processos na justiça para reaver seus saldos investidos.

Um deles conseguiu uma decisão favorável com urgência, para bloquear R$ 150 em bens em nome da Ever, valor investido por ele na possível pirâmide. Caso valores sejam encontrados em corretoras de criptomoedas nos próximos 10 dias, também deverão ser bloqueados até o limite da dívida.

“Assim, presentes os requisitos legais, defiro o arresto de valores em nome da requerida via SISBAJUD, até o limite de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais).”

O Livecoins não conseguiu contato com a defesa da empresa para esclarecimentos e o espaço segue em aberto para manifestação.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias