Grupo do Telegram reúne pessoas gritando sobre o crash do bitcoin

O grupo tem como capa a imagem do Pepe The Frog gritanto, popularmente chamado como "REEEEE".

Algumas vezes na vida a frustração é tanta que tudo o que nos sobra é gritar, mas nem sempre é possível fazer isso. Existe um lugar onde você pode se expressar e até mesmo ser ouvido caso esteja frustrado demais com a queda do Bitcoin: um canal do Telegram.

Desde que o Bitcoin perdeu o suporte dos US$ 29 mil o mercado tem visto muito “sangue”, ameaçando até mesmo perder o suporte dos US$ 21 mil, o que seria ainda mais desastroso. Assim, alguém resolveu criar um grupo onde você pode expressar essa frustração.

No grupo do Telegram “Bear Market Screaming Therapy Group”, os membros pode gravar áudio gritando em frustração com a queda do bitcoin. No entanto, é só para isso que o grupo serve, e mais nada, os usuários só podem postar áudios com os gritos, qualquer outro tipo de postagem resulta em um banimento.

Até o momento o grupo conta com cerca de 75 membros. Confira um pedaço do que rola no canal do Telegram.

O grupo tem como capa a imagem do Pepe The Frog gritanto, popularmente chamado como “REEEEE”.

Enquanto alguns traders de criptomoedas estão aproveitando para gritar como um mecanismo de enfrentar a frustração e talvez até mesmo ajudar a controlar a ansiedade, muitos especialistas em saúde mental argumentam que a “terapia do grito” é pseudociência.

Até o momento, mais de uma dúzia de membros diferentes contribuíram para o grupo, postando notas de voz de si mesmos gritando, berrando, gemendo e lamentando em vários tons e ritmos.

No entanto, como é possível ver (ou ouvir) no vídeo postado no Twitter acima, a grande maioria das postagens são totalmente irônicas e sarcásticas, nada mais do que mais um meme para os fãs do criptomercado se divertirem, o que também ajuda bastante nesses momentos.

Gritar realmente não resolve a situação, já que isso não faz o preço do Bitcoin subir. O importante é sempre manter a calma para não errar nos seus investimentos nesse momento.

O criptomercado tem tendência a operar em ciclos, com momentos de muita positividade e lucros e de muito medo em momentos de baixa (como o atual).

Se formos pelo histórico do Bitcoin (o que muitos analistas consideram) estamos justamente passando por um período que em breve encontrará o seu fundo e a partir daí teremos a caminhada para um novo recorde no futuro, pelo menos em teoria.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias