Extorsão envolve bitcoin e faz idoso perder mais de R$ 500 mil para criminoso

Aposentado foi convencido a investir na criptomoeda, mas criminoso exigiu mais dinheiro para não revelar segredo a família.

Siga no

Um idoso perdeu mais de R$ 400 mil em um golpe envolvendo bitcoin. Com a promessa de investimentos na criptomoeda, Antônio foi induzido a depositar R$ 100 mil para um homem. Porém, de acordo com a justiça, após a aplicação inicial, o homem passou a extorquir o idoso, obrigando a vítima a fazer um depósito de mais de R$ 300 mil.

O caso envolve ainda uma relação extraconjugal. Antônio chegou até Eliel após ter problemas com uma suposta amante. A mulher teria gasto R$ 10 mil em compras em seu  cartão de crédito. Em busca de reaver a quantia gasta pela mulher, Antônio procurou a ajuda de Eliel, indicado por um amigo que trabalhava no mesmo recinto que a vítima.

Idoso tentou reaver R$ 10 mil e perdeu mais R$ 490 mil

Segundo o processo judicial, tudo começou com o uso indevido do cartão de Antônio por sua amante, Cintia. A mulher gastou R$ 10 mil em compras após aplicar um sonífero na vítima. Em busca de ajuda, Antônio conheceu Eliel, que inicialmente ofereceu investimentos em bitcoins para o idoso.

Eliel foi indicado por um amigo de Antônio do CEFET. Eliel foi apresentado como um “especialista em informática”. Por outro lado, o processo judicial aponta que o especialista possui uma enorme ficha criminal.

“Trata-se de um criminoso que possui extensa ficha criminal, com passagens de crimes como latrocínio e homicídios, tendo inclusive um mandado de prisão em aberto”.

Eliel convenceu Antônio de aplicar R$ 100 mil na criptomoeda. A quantia foi entregue pelo idoso ao homem, que supostamente não investiu em bitcoins. Após conseguir R$ 100 mil da vítima, Eliel planejou outras formas de roubar Antônio. 

Eliel criou uma história envolvendo a mulher e uma dívida com traficantes. Nesse caso, o estelionatário conseguiu mais R$ 90 mil da vítima. Antônio pagou pelo suposto resgate da amante, mesmo após a mulher gastar R$ 10 mil no cartão de crédito indevidamente.

Homem sofreu ameaças e depositou R$ 300 mil pelo silêncio de Eliel

Após criar uma situação de sequestro, Eliel foi além, e começou a chantagear Antônio. Sabendo do caso extraconjugal do idoso, o criminoso ameaçou contar tudo para a família da vítima. Com medo do desdobramento da história, Antônio então cedeu a Eliel e fez um depósito de R$ 300 mil para o criminoso.

Após ser denunciado pelas autoridades, Eliel foi preso em Minas Gerais. Contudo, um habeas corpus quase colocou em liberdade o homem acusado de extorsão. Mas o Supremo Tribunal de Justiça impediu que o acusado deixasse a prisão. Dessa forma, Eliel continuará detido após a sua prisão preventiva ser revogada. Eliel foi preso no dia 16 de maio de 2019 e desde então continua encarcerado.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias