Facebook contra os gêmeos Winklevoss. Mais uma vez!

-

Siga no
Anúncio

Quem lembra do início da era Facebook ou assistiu o filme “The Social Network” (título em inglês) acompanhou o drama envolvendo Mark Zuckerberg e os irmãos Winklevoss. Os gêmeos alegavam que sua ideia tinha sido roubada pelo calouro nerd de Harvard, ideia essa que viria a ser a rede social com mais de 2 bilhões de usuários.

De volta para o futuro, a criptomoeda do Facebook chamada Libra pode colocar os três homens novamente numa encruzilhada. 

Tyler e Cameron Winklevoss, agora com 37 anos vêm sonhando (e trabalhando) com a criação de um mercado de criptomoedas. No entanto, o Libra (e o Facebook) pretendem roubar esse sonho mais uma vez. Com o poder e influência que Mark Zuckerberg exerce hoje em dia os gêmeos podem ser derrotados no seu próprio jogo.

Anúncio

Mas desta vez, ao invés de tentar lutar contra, os gêmeos Winklevoss parecem estar “se juntando a ele”. Com a própria corretora operando desde 2015 como uma espécie de bolsa de cripto-valores os irmãos possuem hoje um ecossistema supostamente seguro contra hackers, fraudes e outras violações de segurança. 

Além disso o aplicativo da Gemini lançado recentemente tem sido muito bem recebido, e caminha rumo a lista dos 20 apps mais baixados na categoria finanças. Prova disso é que logo após a demonstração feita pelos irmãos pela CBS americana, a cotação do Bitcoin pulou de $ 8,800 para mais de $9,300.

btcSurge

Enquanto isso, o Libra, do Facebook, espera ser a primeira moeda do tipo Bitcoin com apelo de massa, graças ao apoio de corporações parceiras como Uber, Visa e Mastercard. 

Espaço para cooperação 

Em entrevista Cameron Winklevoss diz não se preocupar com o Facebook Libra.

“Há tanta coisa para crescer, quero dizer, neste momento, precisamos ser frenemies”

Mas a grande vantagem competitiva dos gêmeos pode estar no âmbito regulatório. Enquanto o Facebook Libra tem sofrido críticas de agentes regulatórios ao redor do mundo, o Gemini e sua ideia de título Bitcoin Futuro vem ganhando terreno e parece estar perto da aprovação SEC (Security Exchange Commission), equivalente à CVM no Brasil.

A Gemini já possui o aval do agente regulatório do Estado de New York, o NYSDFS e mantém o registro junto ao órgão de combate contra crimes financeiros, o FinCEN – Financial Crimes Enforcement Network.

Pelo menos até agora, Mark Zuckerberg é quem tem mais a ganhar ao fazer as pazes com os irmãos Winklevoss. A seguir, cenas dos próximos acompanhe.  

Por Pascual Ariel Arrechea

Gostou deste material? Deixe seu comentário. Saiba mais sobre blockchain, bitcoin e criptoeconomia, acompanhe aqui, no Quora ou visite arrechea.net

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Avatar
Pascual Arrecheahttp://www.arrechea.net
Economista, contador, especialista em blockchain Investigando a tecnologia blockchain, RPAutomação, e o mercado de trabalho em tempos de Internet 3.0. Quero dividr meus achados e pensamentos pra tentar entender a tal criptoeconomia. “Play is just another version of work” Ray Kurzweil, The Singularity is Near

Tone Vays: “investir em DeFi é idiotice”

Em uma recente entrevista para o canal russo Forklog o famoso trader e defensor do Bitcoin Tony Vays, falou sobre como é investir no...

Coluna do TradingView: Ideias e análises para a semana

Criptomoedas mostram breve recuperação após correção da recente pernada de alta. Confira aqui o que estão pensando os analistas do TradingView. Paulo Tedesco Agora BTCUSD engrena boa tendência...

“Uso moedas digitais para comprar arroz e feijão”, diz pensionista do INSS

Em época de disparada de preços de itens da cesta básica, uma moeda digital brasileira tem dado um alívio para o bolso da pensionista...

Últimas notícias

Doações de Bitcoin começam a chegar para combater queimadas no Pantanal

Algumas doações em Bitcoin começam a chegar para apoiar o combate às queimadas no Pantanal. O dinheiro está sendo arrecadado em uma campanha pela...

Ex-líderes da Genbit, suspeita de pirâmide financeira, abrem novas empresas

Antigos líderes da Genbit, empresa acusada de sumir com R$ 1 bilhão dos investidores, lançaram novas empresas no Brasil. O objetivo dos negócios, segundo comunicado...

Indicador mostra oportunidade no Bitcoin pela primeira vez desde março

Desde que os impactos do novo coronavírus assolaram os mercados financeiros em março, investidores adotaram uma postura de cautela. Mas um indicador do Bitcoin que...