“Faraó dos Bitcoins” quer se candidatar a deputado estadual no RJ

Eleições 2022 já começam com a possível presença de um conhecido da justiça.

Faraó dos Bitcoins com a boca aberta em pronunciamento
"Faraó dos Bitcoins" com a boca aberta em pronunciamento /Reprodução

O “Faraó dos Bitcoins” Glaidson Acácio dos Santos está com a intenção de se candidatar a deputado estadual no Rio de janeiro. Preso pela polícia federal na Operação Kryptos em 2021, ele é apontado como o chefe de uma organização que oferecia supostos rendimentos fixos de mercado, além de encomendar a morte de líderes de empresa concorrentes.

Atualmente o líder da GAS Consultoria está em prisão preventiva, com o faraó já tendo seu pedido de liberdade negado até pelo STF, ou seja, segue preso sem previsão de sair. Mas desde 2019, o STF concedeu no Brasil foro privilegiado a deputados estaduais, o que pode estar motivando a candidatura.

Sua empresa operava com sede em Cabo Frio, mas chamou atenção de todo o Brasil pelo alcance das promessas em vários estados. Clientes de todo país processam Glaidson pelos problemas e milhões já foram bloqueados pela justiça neste caso.

“Faraó dos Bitcoins” quer candidatar para deputado estadual nas eleições de 2022

Conforme informações obtidas pelo portal RLagos, o “Faraó dos Bitcoins” já está buscando se filiar em algum partido político no Rio de janeiro. Caso consiga ser aceito e seja indicado, sua intenção é ser deputado estadual a partir de 2023 com mandato de quatro anos.

Com o anúncio da sua procura, partidos já entraram em contato com ele, demonstrando interesse mútuo na situação, embora não esteja claro quais.

Investigado por vários crimes pela polícia e ministério público federal ele é apontado como chefe de um grupo de extermínio em Cabo Frio.

Em janeiro, por exemplo, ele foi indiciado pela tentativa de homicídio de Nilsinho, de uma empresa concorrente. Além disso, ele é o possível mandante da morte do “Rei do Pullback”, Wesley Pessano, morto a tiros em um veículo de luxo na Região dos Lagos.

Outro caso foi o possível pedido para matar o namorado da cantora Perlla, Patrick Abrahão, da Trust Investing, que chegou a fugir do Brasil recentemente.

No entanto, vale lembrar que quando foi preso o apoio popular dos investidores do negócio foi grande. Muitos clientes chegaram a participar de protestos públicos em Cabo frio e na capital Rio de Janeiro, pedindo liberdade para o faraó que prometia rendimentos de 10% ao mês com supostas operações de Bitcoin.

Não seria uma surpresa, portanto, ver o candidato eleito ainda que não esteja claro qual partido aceitaria filiar essa pessoa. De qualquer forma a sorte está lançada para a população do estado que pode ter que decidir essa situação inusitada nas urnas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias