Finlândia se prepara para se defender de grupo hacker que pede bitcoin

Vírus que sequestra arquivos e pede Bitcoin como resgate coloca a Finlândia em modo de defesa cibernética

Siga no

A Finlândia está se preparando para uma guerra cibernética depois que um misterioso grupo ativista fez ameaças de ataque cibernético nas quais exigem pagamentos em bitcoins.

Mais de 200 municípios e instituições públicas no país estão se preparando para se defender dos ataques cibernéticos relacionados a criptomoedas que envolvem ataques por meio de ransoware.

De acordo com o jornal finlandês Yle, as cidades e organizações que se preparam para o ataque estão ensaiando como responder quando um grupo de hackers atacar com ransomware durante uma série de ataques simulados.

A preparação de defesa é uma resposta às ameaças feitas pelo grupo ativista que se autodenomina #Tietovuoto321 (“violação de dados 321”), que enviou pedidos de resgate em bitcoins à 235 organizações públicas da Finlândia em outubro.

Segundo os organizadores, o objetivo do exercício é fortalecer as habilidades das instituições para lidar com um ataque cibernético de forma mais eficaz.

O Centro de Registro de População, que opera sob o Ministério das Finanças, já organizou dois dias de treinamento, com o terceiro programado para a próxima semana.

Instituições governamentais viram seus sites e sistemas sofrerem ataques simulados duas vezes no mês passado.

Ataques contra sites do governo estão aumentando

Os ataques com ransomware contra empresas públicas e prefeituras estão aumentando em todo mundo. Vários hospitais americanos atingidos por ataques de ransomware optaram por pagar aos hackers para recuperar seus sistemas.

No início deste mês, hackers sequestraram sistemas de computadores da Prefeitura de Barrinhas (interior de São Paulo) e pediram bitcoin para liberar os arquivos.

O Livecoins descobriu que vários sites do governo brasileiro estão sendo hackeados com informações falsas ou golpes envolvendo bitcoins.

Em agosto, a empresa de segurança cibernética McAfee Labs divulgou um relatório sobre ameaças que envolvem bitcoin como resgate, o relatório mostra um aumento significativo nos ataques no primeiro trimestre de 2019.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Criptomoedas Bitcoin e Ethereum

Aceleradora de franquias começa aceitar Bitcoin e Ethereum como pagamento

A aceleradora de franquias 300 Franchising agora aceita Bitcoin e Ethereum como meio de pagamento. Com a chegada da empresa, o cenário no Brasil...
Mão segurando Bitcoin em pilha de moedas

‘Barão do Bitcoin’ fará workshop sobre criptomoedas

Com o desempenho do Bitcoin ao longo dos anos muita gente passou a ter interesse na possibilidade de investir na criptomoeda, mas por onde...
BLOCKCHAIN

Entidade ligada ao Conselho Federal de Engenharia contrata serviço em Blockchain por R$ 1,63...

A Mútua de Assistência dos profissionais do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) contratou por R$ 1.634.000,00 a empresa Ágile Corporation para fornecer...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias