Forbes aceitando uma criptomoeda como pagamento

Pode viabilizar maior adoção de revistas ao mercado cripto!

Siga no
Revista Forbes
Revista Forbes

A Revista Forbes é destaque no campo econômico e de negócios, passando a aceitar a criptomoeda Ethereum (ETH) como pagamento em seu website. Os leitores passam a poder realizar o pagamento da assinatura mensal e semanal com ETH.

A Ethereum é a segunda criptomoeda em valor de mercado, atrás apenas do Bitcoin, que é a maior e mais conhecida moeda digital. Os pagamentos aceitos utilizam a MetaMask, uma carteira de Ethereum.

Já a Forbes, fundada em 1917, é uma grande companhia do mundo das notícias, com revista e sites. É justamente nestes últimos que a Forbes passou a aceitar Ethereum como pagamento.

Forbes aceita criptomoeda Ethereum como pagamento de assinaturas

Caso um leitor da Forbes online queira assinar por uma semana, é cobrado U$ 1 (R$ 4) em Ethereum. A assinatura mensal também é disponível, custando cerca de R$ 14 por mês.

Forbes aceita criptomoeda Ethereum como pagamento
Forbes aceita criptomoeda Ethereum como pagamento – Reprodução/Twitter

Com esse pagamento, o leitor pode acessar todos os artigos produzidos no portal de notícias. Além disso, nenhuma propaganda será oferecida a este no momento de sua navegação outra vantagem da leitura patrocinada.

De acordo com Alex Krüger, a Forbes dá algumas opções de carteira de Ethereum que podem ser utilizadas, como MetaMask e Coinbase Wallet. Alex afirmou que os anúncios invasivos da Forbes agora serão contornados com criptomoedas também.

Adoção das criptomoedas como meio de pagamento na Forbes foi intermediada por solução

A solução inovadora da Forbes certamente chama atenção dos entusiastas de criptomoedas. Entretanto, só está disponível em artigos produzidos e relacionados com criptomoedas.

A informação é do CEO da Unlock Protocol, Julien Genestoux, que ajudou a Forbes a implementar o novo sistema de pagamento. Julien explicou que a Forbes implementou a ferramenta com a ajuda de seu software para artigos cripto/blockchain. Contudo, ao serem ativados, outros artigos da Forbes também passam a ficar livres de anúncios.

Como uma tradicional revista que tem estado de olho nas criptomoedas, a Forber abre as portas para esse novo meio de pagamento. Outras poderão ir no mesmo sentido em breve como, por exemplo, a Bloomberg, que também já possui colunas dedicadas ao tema.

Cabe o destaque que o navegador Brave, associado a criptomoeda BAT, também prevê a navegação sem anúncios. Com o uso deste navegador, as pessoas são remuneradas por consumir propagandas, recebendo em BAT Token.

A criptoeconomia cria formas de se consumir conteúdo web, sendo a adoção de grandes e tradicionais revistas um passo importante neste sentido. O preço da Ethereum (ETH), também após a visibilidade deste caso, valorizou mais que 2% nas últimas 24 horas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Linus Torvalds

Criador do Linux diz ser Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin

Linus Torvalds, o criador do sistema operacional Linux, parece ter modificado uma única linha no Kernel do Linux e incluiu uma afirmação de que...

Após ser criticada, Trezor diz que vai remover função que acaba com privacidade

Recentemente a Trezor chamou a atenção de muitos investidores e da comunidade de criptomoedas por causa da integração do protocolo AOPP (Address Ownership Proof...
Bandeira do Estado do Arizona e Bitcoin

Projeto de lei quer tornar Bitcoin moeda legal no Arizona

O legislativo do estado do Arizona nos Estados Unidos recebeu na tarde desta sexta-feira (28), um projeto de lei para tornar o Bitcoin legal. Caso...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias