Forbes: “Este pode ser o melhor momento da história do Bitcoin”

O Bitcoin vive um momento propício de consistência em meio a tempos de incerteza

Siga no
Imagem Cortesia da PixaBay
Imagem Cortesia da PixaBay

Uma vez que o coronavírus afetou toda a estrutura econômica global, nem o Bitcoin ou outros ativos do criptomercado escaparam da instabilidade. Assim, vários especialistas estão afirmando que este é o maior teste para a criptomoeda desde seu surgimento.

No entanto, mesmo que até o presente momento o ativo não tem conseguido fazer jus a sua reputação de porto seguro para investidores em meio à turbulência dos mercados globais, há vantagens em seu panorama atual, de acordo com um artigo publicado na Forbes.

O fato é que, mesmo com as recentes quedas em seu preço, o Bitcoin não está correndo riscos graves.

Pelo contrário, uma vez que o seu valor real não é medido por seu preço, e sim por sua escassez digital. Isso ganha ainda mais importância em meio a medidas que os governos têm tomado para tentar estimular a economia, como cortes recorde em taxas de juros.

Na medida em que países como os EUA tentam desesperadamente proteger sua economia por meio de estímulos e injeções de dinheiro cada vez maiores, soluções pouco convencionais vem sendo discutidas.

Entre elas está a prática chamada de “dinheiro de helicóptero”, onde alguns governantes distribuem para a população determinadas quantias para fazer a economia girar. O problema é que analistas afirmam que isto pode trazer inflação no futuro.

A solução que o Bitcoin pode trazer

De acordo com Anthony Pompliano, co-fundador do Morgan Creek Digital, países como os EUA estão prestes a adotar prioritariamente o dinheiro de helicóptero. O problema é que isso pode fazer com que esses ativos percam o valor, devido ao seu excesso.

Por outro lado, criptomoedas como o Bitcoin não correm este risco, e isto pode trazer efeitos bastante positivos.

Mati Greenspan, fundador da empresa de consultoria Quantum Economics, afirmou que quando os efeitos negativos do coronavírus passarem, a economia global viverá um momento difícil.

Assim, muitos acreditam que o Bitcoin e outros ativos digitais foram feitos para este momento. Com relação aos preços da criptomoeda, eles não podem ser impulsionados artificialmente, e estão ligados sobretudo ao aumento de sua demanda.

Assim sendo, mesmo com a volatilidade de seus valores, o Bitcoin vive um momento propício de consistência em meio a tempos de incerteza. Enquanto entidades como o Banco Central dos EUA (FED) realizam manobras radicais para evitar crises econômicas, o que reflete em poucos resultados positivos na prática, a criptomoeda continua sendo uma garantia de segurança.

Isso pode resultar em uma importância cada vez maior do criptomercado e seus ativos no mundo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

“Os Simpsons” faz previsão sobre o Bitcoin, seriado vai prever o futuro de novo?

Os Simpsons é a série de televisão mais longa da historia e uma das animações mais reconhecidas do mundo. Mas ela possui uma outra...

Investidores encontram Rodrigo Marques, fundador da Atlas Quantum

Depois de quase dois anos desaparecido, Rodrigo Marques, o fundador da Atlas Quantum, foi encontrado morando em um condomínio de luxo em São Paulo. Marques...

Governo Biden vê ameaça potencial do Yuan digital da China

O governo dos Estados Unidos está monitorando o desenvolvimento da moeda digital da China, o Yuan digital. A equipe de Biden está preocupada com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias