Inicio Blockchain Fundador do Wikileaks foi preso na Embaixada do Equador

Fundador do Wikileaks foi preso na Embaixada do Equador

Expoente Cypherpunk é calado!

-

Compartilhe
Fundador do Wikileaks Julian Assange foi preso na Embaixada do Equador

O mundo acompanha há sete anos a prisão do fundador da Wikileaks, Julian Assange. Este que sempre atuou em prol de um jornalismo livre, já chegou até aceitar criptomoedas como doações.

Julian Assange conduziu o projeto Wikileaks por vários anos, expondo fraudes em empresas e governos ao redor do mundo.

A causa de Assange era de defender as pessoas através de informações sigilosas. Após expor dados do governo dos EUA, o ativista passou a ser cassado no mundo.

Fundador do Wikileaks Julian Assange é preso na Embaixada do Equador

A prisão de Julian Assange, no dia 11 de abril de 2019, é um atentado a liberdade de imprensa no mundo.

A polícia da Inglaterra que conduziu o mandato de apreensão de Assange. Além disso, Sajid Javid que é membro do parlamento confirmou a prisão em seu Twitter.

O perfil no Twitter do Wikileaks soltou uma nota afirmando que “poderosos atores, incluso a CIA, estão empenhados em desumanizar Assange”.

Wikileaks incomodou muita gente

Certamente a atuação do Wikileaks em prol da liberdade de imprensa incomodou muita gente. A organização expôs fraudes bancárias, dados de governos como dos EUA, e revelou ao mundo informações nunca reveladas anteriormente.

Em um momento de sua existência, o Wikileaks aceitou Bitcoin (BTC) como doação para sua causa. Isso porque a organização passou a ser cassada por governos e meios de pagamentos tradicionais, como o Paypal.

Finalmente, a prisão de Assange é muito ruim para o movimento cypherpunk mundial. Apesar disso, lições devem ser aprendidas com o caso, que mostra que a liberdade e privacidade vão até onde os estados permitem.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

FMI e Banco Mundial criam criptomoeda própria

De acordo com um artigo do Financial Times, o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial estão desenvolvendo conjuntamente uma blockchain privada para futuras experimentações...

Corretora de criptomoedas japonesa remove Bitcoin Cash em resposta a remoção do Bitcoin SV da Binance

A SBI Virtual Currencies, uma corretora de criptomoedas japonesa removeu o Bitcoin Cash de sua plataforma em resposta à recente remoção do Bitcoin...

Plataforma de David Chaum busca operadores de nós brasileiros para o teste BetaNet

A solicitação para executar o lançamento de um "node" - nó - BetaNet da plataforma Elixxir, de David Chaum está aberta até sexta-feira à...
 
Compartilhe
close-link