Coinbase bloqueia Wikileaks – Julian Assange

-

Siga no
Anúncio

O movimento Wikileaks teve sua conta na Coinbase bloqueada, Wikileaks Shop, sem qualquer explicação pela empresa. Movimento Cypherpunk que vazou dados do governo pede boicote a exchange.

[quads id=3]

O Movimento Cypherpunk segue acompanhando mais um capítulo de empresas em seu encalço, e o alvo da vez é o fundador da Wikileaks, Julian Assange.

Anúncio

Desde que lutou contra a liberdade através da criptografia e se tornou um exilado pela sua luta, Julian Assange se tornou um alvo para governos mundiais e empresas.

Julian Assange atualmente encontra-se exilado na Embaixada do Equador em Londres, que inclusive teve seu acesso à internet suspenso no início de Abril de 2018.

Havia dado uma entrevista recente enaltecendo essa perseguição, e agradecendo o Governo dos EUA, de forma que assim pode conhecer o projeto das criptomoedas, em específico Bitcoin.

Coinbase bloqueia Wikileaks

Agora uma das mais antigas Exchanges fundadas no mundo, a Coinbase, resolveu sem dar uma explicação plausível, cancelar a conta na plataforma do Movimento Wikileaks.

Dessa forma, uma das instituições que mais atuam no mundo pela luta contra governos e empresas e sua corrupção, o Wikileaks chamou a comunidade mundial a realizar um boicote a Exchange Coinbase.

De acordo com a instituição porém, as doações em Bitcoin podem continuar a acontecer para a fundação sem fins lucrativos, que atualmente aceita Bitcoin, Litecoin, Zcash, Monero e Ethereum.

Várias figuras do mundo das criptomoedas correram em apoio a causa da Wikileaks, como por exemplo Andreas Antonopoulos, que disse ver “a Coinbase repetir a história“, em ilusão a uma antiga proibição da Paypal e Mastercard contra a instituição.

O Movimento Wikileaks age em defesa da privacidade na rede, e vazam documentos que expõe esquemas de corrupção mundial de governos e empresas, de forma que perseguições a integrantes do movimento são constantes.

As criptomoedas ganham mais um capítulo em sua história de combate a corrupção, dessa vez com uma empresa ligada ao setor atuando com censura contra uma entidade.

Seguimos acompanhando o caso atentamente, e a dúvida será se a Coinbase, que é uma empresa da Califórnia – EUA, voltará atrás da sua decisão ou irá se retratar?

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
CVM - Comissão de Valores Mobiliários do Brasil (Bitcoin, Criptomoedas, Investimentos, Pirâmides)

CVM terá eventos sobre criptomoedas em outubro

A Comissão de Valores Mobiliários do Brasil participa, no início de outubro próximo, da semana mundial do investidor. Entre os temas, a CVM terá...

EUA prende membro de um dos maiores grupos de hackers do mundo

Nathan Wyatt, membro de um grupo de cibercriminosos que extorquiam Bitcoin, se declarou culpado e foi sentenciado pelo Departamento de Justiça dos EUA por...
Compra de Bitcoin

Governo da Noruega compra Bitcoin

Uma empresa que fez a compra de R$ 1,3 bi em Bitcoin como reserva de valor em agosto continua a repercutir na comunidade cripto....

Últimas notícias

EUA prende membro de um dos maiores grupos de hackers do mundo

Nathan Wyatt, membro de um grupo de cibercriminosos que extorquiam Bitcoin, se declarou culpado e foi sentenciado pelo Departamento de Justiça dos EUA por...

Governo da Noruega compra Bitcoin

Uma empresa que fez a compra de R$ 1,3 bi em Bitcoin como reserva de valor em agosto continua a repercutir na comunidade cripto....

CEO da MicroStrategy: “podemos despejar R$ 1.3 bi em Bitcoin no mercado a qualquer hora”

Após comprar de R$ 1.3 bilhão em bitcoin como reserva de valor, a MicroStrategy se tornou um nome importante para os defensores da moeda...