Coinbase bloqueia Wikileaks – Julian Assange

Siga no

O movimento Wikileaks teve sua conta na Coinbase bloqueada, Wikileaks Shop, sem qualquer explicação pela empresa. Movimento Cypherpunk que vazou dados do governo pede boicote a exchange.

[quads id=3]

O Movimento Cypherpunk segue acompanhando mais um capítulo de empresas em seu encalço, e o alvo da vez é o fundador da Wikileaks, Julian Assange.

Desde que lutou contra a liberdade através da criptografia e se tornou um exilado pela sua luta, Julian Assange se tornou um alvo para governos mundiais e empresas.

Julian Assange atualmente encontra-se exilado na Embaixada do Equador em Londres, que inclusive teve seu acesso à internet suspenso no início de Abril de 2018.

Havia dado uma entrevista recente enaltecendo essa perseguição, e agradecendo o Governo dos EUA, de forma que assim pode conhecer o projeto das criptomoedas, em específico Bitcoin.

Coinbase bloqueia Wikileaks

Agora uma das mais antigas Exchanges fundadas no mundo, a Coinbase, resolveu sem dar uma explicação plausível, cancelar a conta na plataforma do Movimento Wikileaks.

Dessa forma, uma das instituições que mais atuam no mundo pela luta contra governos e empresas e sua corrupção, o Wikileaks chamou a comunidade mundial a realizar um boicote a Exchange Coinbase.

De acordo com a instituição porém, as doações em Bitcoin podem continuar a acontecer para a fundação sem fins lucrativos, que atualmente aceita Bitcoin, Litecoin, Zcash, Monero e Ethereum.

Várias figuras do mundo das criptomoedas correram em apoio a causa da Wikileaks, como por exemplo Andreas Antonopoulos, que disse ver “a Coinbase repetir a história“, em ilusão a uma antiga proibição da Paypal e Mastercard contra a instituição.

O Movimento Wikileaks age em defesa da privacidade na rede, e vazam documentos que expõe esquemas de corrupção mundial de governos e empresas, de forma que perseguições a integrantes do movimento são constantes.

As criptomoedas ganham mais um capítulo em sua história de combate a corrupção, dessa vez com uma empresa ligada ao setor atuando com censura contra uma entidade.

Seguimos acompanhando o caso atentamente, e a dúvida será se a Coinbase, que é uma empresa da Califórnia – EUA, voltará atrás da sua decisão ou irá se retratar?

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Bitcoin pegando fogo e bandeira da China

Maior pool de mineração de Bitcoin bane chineses

Nesta segunda, a maior pool de mineração de Bitcoin baniu os mineradores chineses, mostrando que a comunidade deverá acatar a determinação do governo chinês. Na...

“Bitcoin é perigoso e não pode ser reserva de valor”, diz analista do Deutsche...

Uma analista do Deutsche Bank, chamada Marion Labor, falou sobre os perigos do uso das criptomoedas, principalmente o Bitcoin, como uma moeda legal. As...
Cadeado destravado e Bitcoin em caso de baixa segurança dos dados corretoras

ABCripto alerta sobre transações da Gas Consultoria e “Faraó dos bitcoins”

Fruto da colaboração de várias empresas do mercado de criptomoedas brasileiras, a ABCripto emitiu um alerta para as transações feitas pela Gas Consultoria e...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias