Gêmeo do Facebook diz que Ethereum está barato

O CEO da Gemini, Tyler Winklevoss, disse que tem uma grande quantidade de Ethereum há vários anos.

Siga no

Cameron Winklevoss, um dos gêmeos que processou Mark Zuckerberg por roubar a ideia do Facebook disse acreditar que Ethereum é a criptomoeda mais subvalorizada do momento.

Winklevoss, que é cofundador da corretora Gemini e o um dos primeiros bilionários em Bitcoin enfatizou que a Ethereum está valendo 50% menos que seu preço mais alto (US $ 1.400).

“Ether está com 50% de desconto de seu recorde histórico. É facilmente a criptomoeda mais barata do momento.”

Ele disse também que a moeda digital é uma das que tiveram o melhor desempenho em 2020, uma alta acumulada de 450%.

De acordo com o site Cryptoslate existem diversos motivos para o empresário estar otimista em relação a moeda digital.

O número de baleias que acumularam Ethereum aumentou consideravelmente nos últimos dias, isso significa que detentores de longo prazo e com alto capital estão apostando no ativo digital.

A plataforma Ethereum também lançou uma nova versão, a Ethereum 2.0 que traz soluções de escalabilidade para a rede, assim, mais aplicativos podem ser executados na blokchain.

De fato, é o que está acontecendo, com a maioria das finanças descentralizadas (DeFi) adotando Ethereum como “sistema operacional”. Só em 2020 o valor total depositado em DeFi ultrapassou US$ 14 bilhões.

O irmão de Cameron e CEO da Gemini, Tyler Winklevoss, disse que tem uma grande quantidade de Ethereum há vários anos.

“Há muitos anos temos uma grande quantidade de $ETH. A Gemini foi a primeira corretora dos Estados Unidos a listar o ether em 2016. Feliz Ano Novo!”

Se o Bitcoin continuar subindo em 2021 será natural que todo o mercado acompanhe o movimento. Ethereum é a segunda moeda por capitalização de mercado, atrás apenas do Bitcoin. Ela, portanto, é uma forte candidata a continuar valorizando e recuperar seu preço histórico de US$ 1.400.

Contudo, não existe certeza se o Bitcoin continuará valorizando e nem que a Ethereum voltará ao seu preço recorde. No momento atual o ativo digital enfrenta forte resistência no nível de US$ 800, acima disso há pouca resistência, o que leva a crer que se superar esta marca ela pode disparar assim como o Bitcoin disparou mais de 60% em apenas duas semanas.

Os irmãos do Facebook apostaram no Bitcoin quando quase ninguém tinha coragem, eles não costumam apostar em criptomoedas com projetos fracos ou sem futuro. Eles são investidores do mercado há bastante tempo e você não os vê falando bem de qualquer moeda.

Ethereum é um projeto sério e que tem potencial de valorização real. Desde que superou os US$ 700, 90% dos investidores do ativo ficaram no lucro.

A rede Ethereum tem uma vantagem sobre a blockchain do Bitcoin, ela permite a tokenização de ativos de stablecoins e até mesmo tokens não fungíveis. Isso torna o projeto crucial no futuro cenário financeiro.

É difícil pensar que o Ethereum pode realmente superar o Bitcoin, mas isso não significa que as chances de isso acontecer seja zero. É o que pensa Raoul Pal, fundador e CEO da Global Macro Investor, que acredita que a Ethereum terá uma capitalização de mercado maior do que a do Bitcoin na próxima década.

“Meu palpite é que o BTC é uma camada colateral perfeita, mas ETH pode ser maior em termos de capitalização de mercado em 10 anos”, escreveu ele em uma série de tuites.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Meme dogecoin que circula nas redes.

Mercado cripto sofre uma das maiores quedas já vistas, Dogecoin sobe

As últimas 24 horas foram um pesadelo para alguns investidores em criptomoedas. A primeira moeda a sentir a queda foi o Bitcoin, que perdeu mais...
Mina carvao

Taxa de hash do Bitcoin cai após acidente em mina de carvão na China

O hashrate do Bitcoin caiu cerca de 40% nas últimas 24 horas, de mais de 180 petahashes por segundo para cerca de 105 Ph/s....

Bitcoin desaba com desligamento de mineradoras chinesas e preocupações regulatórias

O Bitcoin despencou mais de 15% neste domingo (18), para cerca de US $ 51 mil, depois de ter alcançado um marco de US...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias