Gigantes estão investindo em Bitcoin secretamente, diz CEO da Bitwise

No total, mais de 900 instituições declararam investimentos em ETF de Bitcoin no 1º trimestre de 2024. A soma é equivalente a 18,7% dos bitcoins em ETFs, mas pode ser maior caso essas “empresas secretas” sejam consideradas.

Hunter Horsley, CEO da Bitwise, revelou nesta terça-feira (21) que diversos gigantes estão investindo em Bitcoin secretamente, incluindo um país soberano. Embora não tenha revelado mais informações, respeitando a privacidade de seus clientes, o executivo comentou que está “tentando fazer as pessoas enxergarem o que está acontecendo”.

No momento desta redação, o BITB, ETF da Bitwise, detém 1.919 bitcoins, equivalentes a R$ 680 milhões. Sendo assim, ele fica atrás apenas dos ETFs da Grayscale, BlackRock, Fidelity e Ark Invest, sendo o 5º maior do mercado.

No total, mais de 900 instituições declararam investimentos em ETF de Bitcoin no 1º trimestre de 2024. A soma é equivalente a 18,7% dos bitcoins em ETFs, mas pode ser maior caso essas “empresas secretas” sejam consideradas.

CEO da Bitwise diz que grandes empresas, e até mesmo uma nação, estão investindo em Bitcoin

Em abril do ano passado, um pequeno país situado entre a Índia e a China revelou que estava minerando bitcoin secretamente há anos. Segundo tuíte de Hunter Horsley, CEO da Bitwise, outra nação está fazendo o mesmo.

“Conversei com um fundo soberano de um país que está minerando Bitcoin. Provavelmente nada.”

CEO da Bitwise diz que país está minerando Bitcoin, mas não revela nome. Fonte: Twitter/Reprodução.
CEO da Bitwise diz que país está minerando Bitcoin, mas não revela nome. Fonte: Twitter/Reprodução.

Participando de uma conversa com Natalie Brunell, o executivo foi questionado sobre qual seria esse país. No entanto, ficou sem graça e apenas afirmou que não poderia revelar mais detalhes.

“Não posso dizer nada além disso porque um componente notável do momento é que há tantos investidores, empresas e negócios importantes entrando no Bitcoin, mas muitos deles querem ficar fora do radar por enquanto.”

Citando outro exemplo, Horsley afirmou que uma grande empresa de tecnologia comprou uma porcentagem significativa de seu capital em Bitcoin.

“Se as pessoas soubessem, acho que seria realmente impactante e ajudaria a perceber que o mundo está se movendo em uma direção, e está se movendo mais rápido e avançado do que muita gente imagina”, disse Horsley. “Gostaria que fosse mais público […] mas com tuítes assim eu estou tentando fazer as pessoas enxergarem o que está acontecendo ao mesmo tempo em que mantenho minha responsabilidade com os clientes.”

Finalizando, notou a importância dos formulários de investimentos enviados à SEC e disponíveis ao público. Afinal, mais de 900 empresas declararam investimentos em ETFs de Bitcoin, incluindo grandes bancos como JP Morgan, Banco do Brasil, Wells Fargo e até mesmo o Estado americano de Wisconsin.

Por fim, o surgimento de grandes nomes acreditando no Bitcoin deve fazer outros gigantes se sentirem mais confiantes para investir na criptomoeda. Além disso, os retornos do Bitcoin, de 50% desde o lançamento dos ETFs, é outro atrativo para essas empresas e fundos estatais.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias