Goldman Sachs pode entrar no mercado de ETFs de Bitcoin com a BlackRock

Muitas empresas estão otimistas, esperando que a SEC aprove os ETFs antes do prazo final de 10 de janeiro.

O Goldman Sachs está avançando no mercado de criptomoedas, iniciando negociações para se tornar um participante autorizado dos ETFs de bitcoin da Grayscale e da BlackRock, conforme reportado pela CoinDesk.

O movimento pode colocar um dos maiores bancos do mundo no processo de resgate de ações de um ETF e na gestão dos ativos subjacentes, neste caso, o bitcoin.

Embora o banco não tenha comentado sobre o assunto, a movimentação indica um interesse crescente das instituições financeiras tradicionais no mercado de criptomoedas.

JPMorgan é listado como participante autorizado de ETF de Bitcoin da BlackRock

Recentemente, conforme relatado em primeira mão pelo Livecoins, a BlackRock anunciou o JPMorgan e a Jane Street como participantes autorizados em seus ETFs, e a Valkyrie, outra candidata a ETF de bitcoin à vista, também escolheu a Jane Street.

O movimento reflete um crescente entusiasmo dos investidores, alimentado pela expectativa de uma possível aprovação da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) para o primeiro ETF de bitcoin à vista do país ainda nesta semana.

Especialistas do mercado têm previsto uma significativa alta do bitcoin após o lançamento desses produtos. Muitas empresas estão otimistas, esperando que a SEC aprove os ETFs antes do prazo final de 10 de janeiro.

No entanto, há ceticismo no ar, com alguns participantes do mercado permanecendo cautelosos e prevendo que a agência reguladora adiará tal decisão.

Aprovações podem ser adiadas, diz Matrixport

Um artigo recente da Matrixport expressou dúvidas sobre a aprovação iminente dos ETFs pela SEC. A empresa prevê que todos os pedidos possam ser rejeitados este mês, com aprovações sendo improváveis até pelo menos o segundo trimestre de 2024.

Eles também alertaram que os preços das criptomoedas poderiam sofrer uma queda, com previsões de que o Bitcoin poderia desvalorizar em até 20%, atingindo a faixa de US$ 36.000.

Em contrapartida, a Fox Business reportou que funcionários da SEC se encontraram com representantes da Bolsa de Valores de Nova York, Nasdaq e Chicago Board Options Exchange, gerando especulações sobre uma potencial aprovação de um ETF já na próxima sexta-feira (5).

A situação apresenta um panorama misto para o mercado de criptomoedas: por um lado, o envolvimento de instituições financeiras renomadas como a Goldman Sachs e a BlackRock sinaliza uma adoção crescente do bitcoin; por outro, a incerteza regulatória e as previsões negativas da Matrixport indicam que ainda há desafios significativos a serem superados.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias