Golpistas usam Twitter para vender falsa criptomoeda do Facebook

Golpistas vendendo shitcoin falsa

Siga no
Golpe com criptomoedas
Golpe com criptomoedas

Um perfil no Twitter começou a oferecer para venda a Libra, a criptomoeda do Facebook. No entanto, o ativo ainda nem foi lançado, e seu futuro é incerto. Além disto, uma investigação do usuário que está oferecendo uma blockchain de Oferta Inicial de Moeda (ICO) mostrou que as ofertas começaram dia 26 de janeiro.

Entretanto, a @CoinLibraToken está destacado que se trata de uma conta de negócios do criptomercado, ativa na rede social desde 2018.

Informações importantes sobre o golpe

O fato do perfil estar supostamente vendendo a Libra chamou a atenção das autoridades. De acordo com detalhes divulgados sobre o golpe, o perfil tokens de LIBT pedindo o pagamento em Ethereum dos usuários.

Para tentar enganar os investidores, o @CoinLibraToken começou a divulgar um suposto lançamento oficial da criptomoeda do Facebook. Assim, a conta passou a oferecer a Libra afirmando que tinha uma quantia total de 500 bilhões do ativo.

Os golpistas também agregaram alguns recursos para tentar dar credibilidade para a página, como diversos seguidores falsos (aproximadamente 40% do total de perfis que a segue não são reais).

Além disto, os interessados em comprar LIBT foram instruídos a mandar Ethereum para um total de 39 transações, sendo a maioria de entrada. Porém, quase todas estão vazias, menos algumas cujo valor equivale a menos de dois dólares em ETH.

Outros detalhes sobre o esquema

O perfil afirma que o fato de terem aumentado em 3 ETH suas vendas públicas tem suporte em dados da Etherscan. Entretanto, ao ser feita uma investigação detalhada de suas ações foi descoberto que as transações de 1 e 2 ETH vieram de um mesmo endereço, que possuí pouca atividade. Isto significa que todas as informações a respeito do perfil são falsas.

Tendo começado este esquema há poucos dias, aparentemente o perfil @CoinLibraToken não fez muitas vítimas, e portanto os estragos que causou até o momento são pequenos. O que está preocupando autoridades e investidores, no entanto, é o fato de os diversos seguidores falsos da conta continuam fazendo comentários e repassando suas informações.

Fatores que servem de alerta

O @CoinLibraToken não é o primeiro, e certamente não será o último perfil que tenta aplicar golpes em investidores envolvendo criptomoedas.

Mesmo assim, algumas características que a conta apresenta pode servir de alerta para evitar que as pessoas sejam vítimas deste tipo de esquema. Em primeiro lugar, no tweets deste usuário havia uma série de erros gramaticais.

O segundo sinal de se tratar de um golpe era a incoerência nos cálculos que o perfil trouxe aos investidores com relação ao ICO.

Conforme informações da conta, investir 0,1 ETH garantiria 300 milhões de LIBT, e 0,5 ETH renderia 3 bilhões de LIBT. Os valores ficam ainda mais irreais no caso de 1 ETH render 30 bilhões da libra e de 2 ETH render 100 bilhões. Com certeza são ganhos impossíveis, que não condizem com a realidade de nenhuma criptomoeda.

Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".
Baleia jubarte pulando Bitcoin

Empresas compraram Bitcoin na queda, aponta analista do mercado

Ainda que o Bitcoin tenha começado a se recuperar da queda do início da semana, muitos ficaram assustados com o movimento. Enquanto os pequenos...
Banco dos EUA JPMorgan - Bitcoin BTC Criptomoedas

JPMorgan recomenda que investidores diversifiquem portfólio com Bitcoin

O JPMorgan é um nome muito importante dentro do setor financeiro, contando com milhares de clientes e investidores. A firma conta com diferentes analistas...

Stone Ridge adiciona Bitcoin ao seu fundo de alternativas diversificadas

Em um momento em que o Bitcoin está no centro das atenções, tanto pelo seu preço que está consolidando na faixa de US$ 50...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

JPMorgan recomenda que investidores diversifiquem portfólio com Bitcoin

O JPMorgan é um nome muito importante dentro do setor financeiro, contando com milhares de clientes e investidores. A firma conta com diferentes analistas...

Stone Ridge adiciona Bitcoin ao seu fundo de alternativas diversificadas

Em um momento em que o Bitcoin está no centro das atenções, tanto pelo seu preço que está consolidando na faixa de US$ 50...

Coinbase cita Satoshi Nakamoto em documento enviado à SEC

A Coinbase, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo e a maior dos EUA, está pronta para ser listada na bolsa de valores...

Vice presidente da Mastercard crítica o Bitcoin: “muito volátil para fazer parte da nossa rede”

A gigante de pagamentos Mastercard virou manchete no início de fevereiro depois de anunciar seu plano de começar a permitir criptomoedas em sua rede....

Erro faz corretora vender Bitcoin com 88% de desconto

A maior corretora de criptomoedas do sudeste da Ásia, PDAX, que tem sede nas Filipinas, enfrentou uma falha técnica e acabou colocando à venda...