Google investe US$ 1 bilhão na primeira corretora de futuros de Bitcoin

Acordo envolve o Google Cloud.

Siga no
Escritório do Google
Escritório do Google

A terceira maior empresa em valor de mercado do mundo, o Google (Alphabets) investiu US$ 1 bilhão na corretora CME, uma das primeiras a listar futuros de Bitcoin em 2017.

Essa movimentação no mercado financeiro foi informada em um comunicado de imprensa nesta quinta-feira (4). Assim, é esperado que toda a infraestrutura de tecnologia da Chicago Mercantile Exchange (CME) migre para servidores do Google Cloud.

Com a aquisição, as ações da GOOGL registraram alta no mercado de 1,33%, cotadas hoje em US$ 2.974,00. Já a CME viu suas ações listadas também na Nasdaq valorizarem 0,88% com a nova parceria.

Google investe em corretora que foi primeira a listar futuros de Bitcoin

De acordo com comunicado das empresas, a nova parceria durará 10 anos e será estratégica para ambas as partes. Dessa forma, os processos de derivativos da CME serão levados para o Google Cloud, ampliando o processo de digitalização dos serviços.

Segundo o CEO da CME, Terry Duffy, a nova parceria será importante para expandir o acesso a mais pessoas do mercado.

“Através desta parceria de longo prazo com Google Cloud, CME Group transformará os mercados de derivativos por meio da tecnologia, expandindo o acesso e criando eficiências para todos os participantes do mercado.”

Em sua explicação, o CEO da CME ainda disse que essa transição será tranquila e totalmente transparente para os clientes, que se beneficiarão de novas oportunidades de mercado.

A partir de 2022, todos os mercados de negociações da CME já irão operar do Google Cloud, que conta com uma ampla gama de ferramentas de análises. O Google também realizou um investimento de US$ 1 bilhão na companhia, comprando ações preferenciais sem direito a voto.

O CEO do Google Cloud, Thomas Kurian, destacou que a CME é inovadora no mercado financeiro, ajudando investidores a acessarem novos mercados.

“O CME Group tem um histórico de um século de ajuda aos investidores a acessar novos mercados e é conhecido pela inovação nos mercados financeiros”.

Lançamento de futuros de Bitcoin em 2017 e minifuturos de Ethereum em breve

Vale lembrar que a CME foi pioneira em lançar contratos futuros em dezembro de 2017, quando ao lado da Cboe foi uma das primeiras instituições tradicionais a entrar neste setor.

No entanto, no próximo mês de dezembro de 2021, a CME volta a lançar um produto no mercado de criptomoedas, que serão os minicontratos de Ethereum, anunciados na última terça-feira (2). A expectativa é que os novos produtos cheguem no dia 6, o que ajudou a elevar o preço do Ethereum no mercado, que rompeu sua máxima histórica no mercado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Jack Dorsey abandona Twitter e agora pode se dedicar ao Bitcoin

Jack Dorsey, criador do Twitter, abandonou o cargo de diretor executivo da empresa nesta segunda-feira (29). Seu cargo será ocupado por Parag Agrawal que...

Iate virtual é vendido por R$ 3,7 milhões no Metaverso

O setor do Metaverso parece estar ganhando cada vez mais tração nos últimos dias, após a venda de um terreno por R$ 14 milhões...
Pessoa com óculos de metaverso e encostando em bloco

Banco Inter destaca potencial do Metaverso com criptomoedas

O Banco Inter publicou um novo relatório no qual destaca o potencial do Metaverso com as criptomoedas. Este é apenas mais um relatório publicado...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias