Metrô de São Paulo ganha estátua de gorila cibernético que pede criptomoedas

O gorila, que tem em sua estrutura um visual parecido com outras obras de h4wnee (estilo cibernético com o tom de azul) com certeza levanta questões sobre o futuro e a consideração de ter usado as criptomoedas também torna a escultura tem tópica.

Siga no

Nos metrôs de São Paulo é possível encontrar diferentes pessoas e diferentes objetos, mas e se você desse de cara com um gorila cibernético azul que pede criptomoedas? Pois é, não é algo que se vê todos os dias, mas é exatamente o que está em exposição na estação de Metrô São Paulo-Morumbi, da linha amarela.

Construído pelo artista plástico h4wnee, famoso por fazer diferentes obras com um tom irônico, com inspirações em Banksy e outras obras políticas do gênero, a escultura de um gorila azul de 3 metros se passa como um pedinte, pedindo não só um troquinho, mas também criptomoedas, com uma bela moeda Ethereum em sua mão. 

A exposição, que ficará na estação até o dia 20 de setembro, tem o nome n0_future_(prime) e é resultado da parceria entre a Nós Galeria e a ViaQuatro, com um projeto de levar mais arte para as estações de metrô da capital de São Paulo.

Segundo o site Radio Rock, a escultura tem como objetivo a subversão dos acessos aos ambientes públicos, além de usar a combinação de cores a sua natureza cibernética (de organismo com partes mecânicas e das formações continentais em seu corpo para especular sobre um futuro distópico.

Gorila cibernético
Gorila cibernético

E como estamos falando no futuro, as criptomoedas estão presentes, com a escultura tendo uma moeda do Ethereum em sua mão, questionando também as possibilidades econômicas no nosso futuro. Sobre a peça, a Radio Rock citou h4wnee dizendo:

“A arte me proporcionou um acesso ‘prime’ em um ambiente público a ponto de conseguir levar para dentro de uma estação de metrô um ambulante gigante”.

Kim Jacskon, galerista da Nós Galeria pontuou também como a obra é importante para levantar o pensamento crítico nas milhares de pessoas que passam por aquele ambiente.

A oportunidade de levar sua arte para um local onde milhares de pessoas passam diariamente nos proporciona trazer para o cotidiano dessas pessoas um senso crítico que sinto falta na correria que é viver em uma metrópole em 2021” disse o galerista Kim Jackson.

O gorila, que tem em sua estrutura um visual parecido com outras obras de h4wnee (estilo cibernético com o tom de azul) com certeza levanta questões sobre o futuro e a consideração de ter usado as criptomoedas também torna a escultura tem tópica.

Mas como sempre, a arte é bem subjetiva e pessoas podem interpretá-la de formas diferentes. Ainda assim, um gorila azul com uma moeda de Ethereum em São Paulo é uma peça de arte bem interessante para a cultura urbana e para o criptomercado.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
PayPal e Bitcoin

PayPal anuncia novo aplicativo para criptomoedas

O PayPal continua apostando nas criptomoedas, após ingressar no criptomercado há cerca de um ano, a empresa revelou seu novo app que traz recursos...
Ethereum. (Imagem: Adobe Stock)

Investidor veterano alerta: “Ethereum está entrando em momento de queda prolongada”

Peter Brandt é um veterano do mercado de investimentos e um nome bem respeitado entre quem acompanha criptomoedas. Peter não é um estranho para o...

“Corretoras de criptomoedas estão em risco”, diz Bloomberg

As corretoras de criptomoedas dos EUA podem estar prestes a enfrentar um grande risco de existência conforme as questões sobre a regulamentação do setor...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias