Governo dos EUA quer ganhar R$ 50 bilhões com criptomoedas

Notas de dólar e criptomoedas.
Notas de dólar e criptomoedas.

Traçando seu orçamento para a próxima década, um extenso documento aponta que os EUA querem ganhar 11 bilhões de dólares, equivalente a mais de R$ 50 bilhões, nos próximos dez anos, principalmente por modernizar leis relacionadas às criptomoedas. O documento foi publicado pela Casa Branca nesta segunda-feira (28).

Destes 11 bilhões de dólares, cerca de US$ 7 bilhões referem-se apenas aos próximos quatro anos, entre 2023 e 2027. Tal montante seria usado para cobrir o rombo do déficit das contas públicas do país.

Indo além, o documento também destaca o interesse dos EUA em combater ameaças digitais. Citando um orçamento de 52 milhões de dólares (R$ 250 mi) para combater o mau uso das criptomoedas.

Mais tributação sobre criptomoedas

Destacando três pontos, o governo dos EUA arrecadará o equivalente a mais de 33 bilhões de reais (US$ 7 bi) já nos próximos quatro anos. Montante pode ultrapassar os 50 bilhões de reais (US$ 10 bi) até 2032.

Seu principal foco é a modernização das leis, que hoje deixam as criptomoedas em uma área cinzenta. Portanto, após receber o setor de braços abertos, o governo dos EUA agora estará mandando a conta aos seus usuários.

  • Fornecer relatórios de informações por certas instituições financeiras e corretoras de ativos digitais para fins de troca de informações;
  • Exigir relatórios de certos contribuintes de contas estrangeiras de ativos digitais;
  • Alterar as regras de marcação a mercado para incluir ativos digitais;
  • Subtotal, modernização de regras, incluindo aquelas para ativos digitais.
Projeção de arrecadação sobre criptomoedas pelos EUA nos próximos anos. Fonte: Casa Branca

Segurança digital

Outro ponto destacado pelo documento é o investimento na melhoria do país em solucionar crimes digitais. Citando um investimento adicional de 52 milhões de dólares (R$ 250 mi), o governo dos EUA contratará mais agentes de inteligência.

“O Orçamento expande a capacidade do DOJ de perseguir ameaças cibernéticas através de investimentos que apoiam um esforço de vários anos para criar recursos de investigação cibernética nas divisões de campo do FBI em todo o país.” aponta o documento. “Esses investimentos incluem US$ 52 milhões adicionais para mais agentes, recursos de resposta aprimorados e recursos aprimorados de coleta e análise de inteligência.”

“Esses investimentos estão alinhados com a estratégia de contra ataques de ransomware do governo, que enfatiza a atividade disruptiva e o combate ao uso indevido de criptomoedas.”

Tal campo já está sendo bem explorado pelos EUA, afinal recentemente os mesmos criaram uma unidade especial para cuidar de criptomoedas, a NCET.

Portanto, parece que os EUA estão levando as criptomoedas a sério em todos os aspectos, buscando coletar impostos de seus usuários, bem como impedir e solucionar casos relacionados a crimes relacionados as mesmas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias