Grande encontro sobre Bitcoin em El Salvador terá presença de 32 bancos centrais

Perfil do Bitcoin Beach citou o FMI e mencionou que provavelmente não é nada.

Presidente de El Salvador, Nayib Bukele
Presidente de El Salvador, Nayib Bukele. Twitter.

El Salvador sediará um grande encontro com bancos centrais de 32 países, que chegam para discutir sobre Bitcoin e outros projetos mais. Vale lembrar que esse é um dos menores países da América Central, mas com sua coragem de tornar o bitcoin uma moeda de curso legal, tem sido destaque mundial no último ano.

Após El Salvador, a República Centro-Africana seguiu os passos e também tornou o bitcoin uma moeda de curso legal. Essa medida foi anunciada recentemente, também despertando atenção do mundo para o primeiro movimento na África.

Mesmo assim, após adotar o bitcoin como moeda o governo salvadorenho indicou que houve aumento no turismo, assim como outros benefícios que podem impulsionar a economia local.

Grande encontro de 32 bancos centrais em El Salvador tem bitcoin na pauta

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, realizou um anúncio público no último domingo (15), indicando que deve sediar um importante encontro com autoridades de várias partes do mundo nesta segunda-feira (16).

Esse terá a presença de 44 países, sendo que enviarão representantes de 32 bancos centrais e de 12 autoridades financeiras. O Brasil ficou de fora desse encontro, segundo informações divulgadas pelo presidente que não cita representantes deste.

Representando a América do Sul então serão enviados representantes da Argentina, Paraguai, Equador, Peru, entre outros, de acordo com um mapa compartilhado pelo perfil do Bitcoin Beach. O perfil também marcou o FMI em suas publicações e brincou que provavelmente não é nada, após a organização internacional criticar El Salvador pela Lei Bitcoin.

Mapa não oficial de supostos países que participarão de encontro sobre Bitcoin em El Salvador
Mapa não oficial de supostos países que participarão de encontro sobre Bitcoin em El Salvador. Bitcoin Beach

Pelo mapa chama atenção que até a Rússia poderá participar, país que invadiu a Ucrânia nos últimos meses e conta com uma série de embargos econômicos. A China, que baniu o Bitcoin em 2021, também é marcado no mapa não oficial divulgado pelo perfil.

“Amanhã, 32 bancos centrais e 12 autoridades financeiras (44 países) se reunirão em El Salvador para discutir inclusão financeira, economia digital, bancar os desbancarizados, lançamento do #Bitcoin e seus benefícios em nosso país.”

Presença de países da África e América Central também chama atenção

Deixando de fora os Estados Unidos e países da Europa, a maioria dos países que enviarão representantes são aqueles considerados em desenvolvimento.

Assim, destaca-se a presença em massa de governos de países da África e América Central, vizinhos dos primeiros países a adotar o bitcoin como moeda.

Não está claro se eles possuem o interesse de criar leis para a moeda digital também, mas certamente esse encontro chama atenção pela grande quantidade de interesse de responsáveis por políticas monetárias indo conhecer a realidade Bitcoin de El Salvador.

Além de tornar o BTC uma divisa comum para o país, o governo local já comprou moedas e planeja a construção de uma cidade bitcoin, ou seja, há muito o que se mostrar, sendo tudo novidades iniciadas nos últimos meses.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias