Hackers roubam R$ 9.2 milhões em ataque de 51% ao Ethereum Classic

Siga no
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Através de um ataque de 51% contra a rede do Ethereum Classic (ETC), hackers conseguiram fazer um gasto duplo de cerca de 238,306 ETC, equivalentes a mais de R$ 9.2 milhões

Segundo uma investigação feita pela Bitquery, os hackers usaram o portal de compra e vende de poder de mineração NiceHash para alugarem hashrate ao usuário DaggerHashimoto, para minerar 4,236 blocos na rede do Ethereum Classic e obter mais de 51% da hashrate total da mesma.

A recompensa por minerar estes blocos foi de 14,234.3 ETC, mas os fundos estão ainda na carteira do atacante. O golpe se baseou em tentar fazer gastos duplos com os fundos de corretoras de criptomedas, tendo o atacante tentado gastar duas vezes 465,444 ETC (R$ 17.9 milhões).

O ataque foi o mesmo que atacou a rede do Ethereum Classic a 31 de julho, e desta vez usou os fundos que roubou nesse ataque – cerca de 800,000 ETC (R$ 30.4 milhões) – para os enviar para corretoras de criptomoedas, de modo a gastá-los duas vezes, ao enviar os fundos também para uma carteira sob o seu controle.

Assim, o hacker negociou os fundos que foram parar às corretoras, trocou-os por outros, e levantou-os. Como tinha 51% do hashrate no Ethereum Classic, reorganizou os blocos da blockchain para invalidar a transação para a corretora, ficando apenas os ETC que tem na sua carteira os válidos.

As vítimas do golpe foram a popular corretoras de criptomoedas Bitfinex, que perdeu 143,000 ETC em várias transações, e uma corretora que a Bitquery não conseguiu identificar, mas que perdeu 95,650 ETC. A empresa escreveu na sua publicação:

“Nossa investigação mostra que a Bitfinex perdeu 143K ETC (~ $ 1M) e não conseguimos identificar o outro serviço acima mencionado que perdeu 95K ETC (~ 680K). No total, pudemos verificar que o invasor lucrou US $ 1,68 milhões (pelo menos) com esse ataque.”

Este foi o segundo ataque de 51% que o Ethereum Classic sofreu em apenas uma semana, tendo o mesmo durado cerca de 15 horas no total. Os desenvolvedores por trás da criptomoeda recrutaram a firma de advocacia Kobre & Kim e a empresa forense CipherTrace para encontrar o hacker e levá-lo à justiça.

No inicio de 2019 a rede do Ethereum Classic sofreu também um ataque de 51%, em que milhões em ETC foram roubados às corretoras Gate.io e YoBit. Dados os frequentes incidentes no ETC, o cofundador do Ethereum Vitalik Buterin e outros analistas aconselharam os desenvolvedores a mudarem o mecanismo de consenso.

Atualmente, o ETC usa o Proof-of-Work (PoW) que também é usado pelo Ethereum. Grandes quantidades de hashrate usadas por mineiros do ETH estão disponíveis em mercados como o NiceHash e podem ser usados para atacar redes com menos poder de computação, como o ETC. A solução de Vitalik seria mudar para o Proof-of-Stake (PoS).

Deste modo o hacker não poderia pagar por poder de computação para realizar o ataque, visto que o mecanismo de consenso se basearia na quantidade de criptomoedas que diferentes usuários usam para assegurar a rede.

Leia mais sobre:
Avatar
Francisco Memoria
Francisco juntou-se à comunidade crypto em 2016, altura em que começou a escrever para várias publicações na área, incluindo Bitcoin.com, CCN, e The Merkle, entre outras. Apoia o libertarismo, e é grande fã e tecnologia.

Milhares de executivos participarão de conferência Bitcoin da MicroStrategy

A MicroStrategy abrirá o código de seu playbook Bitcoin em uma das conferências mais importantes da história da moeda digital a ser realizada no...

As pessoas estão obcecadas por Bitcoin? A psicologia explica

O Bitcoin voltou a ser “o centro das atenções” após ultrapassar seu recorde de 20 mil dólares. A moeda digital registrou um novo recorde...
Bandeira do Brasil em teclado

Dados pessoais de brasileiros à estão venda na deep web

Após o anúncio do vazamento de dados pessoais de praticamente todos os brasileiros, agora a novidade é que as informações estão à venda na...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

As pessoas estão obcecadas por Bitcoin? A psicologia explica

O Bitcoin voltou a ser “o centro das atenções” após ultrapassar seu recorde de 20 mil dólares. A moeda digital registrou um novo recorde...

Dados pessoais de brasileiros à estão venda na deep web

Após o anúncio do vazamento de dados pessoais de praticamente todos os brasileiros, agora a novidade é que as informações estão à venda na...

Melhor hora de comprar Bitcoin é quando ninguém fala sobre isso, diz um dos primeiros investidores

Provavelmente uma das principais dúvidas dos investidores novatos e também dos veteranos é sobre qual a melhor hora para comprar Bitcoin. Há quem diga...

Empresa vende todos bitcoins que tinha por causa de medo do “gasto duplo”

A NexTech AR Solutions, uma empresa que fornece soluções de realidade virtual disse que vendeu seus 130 bitcoins depois de ler uma notícia falsa...

Empresa vai guardar criptomoedas confiscadas pela polícia

As criptomoedas são moedas digitais que são guardadas em carteiras próprias. No Reino Unido, a polícia preferiu contar com a ajuda de uma empresa,...