Hashtag Bitcoin viraliza no Twitter com novidade

Rede social implementou inovação por sua conta!

-

Siga no
Twitter e Bitcoin
Twitter e Bitcoin
Anúncio

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, é um dos mais influentes apoiadores do Bitcoin no mundo. Este fato fez a maior moeda virtual do mundo ganhar uma hashtag personalizada na rede social.

A partir do dia 2 de fevereiro, Jack já demonstrou a novidade para os usuários do Twitter. Nesta rede social muitas pessoas da comunidade Bitcoin estão presentes, compartilhando diariamente as novidades do ecossistema.

De fato, a implementação da novidade foi muito bem recebida pela comunidade Bitcoin. A quantidade de vezes que a hashtag foi utilizada lembrou o auge da valorização de preço do Bitcoin em 2017.

Hashtag Bitcoin viraliza com novidade no Twitter

Anúncio

O Bitcoin certamente tem uma comunidade fiel de apoiadores, provavelmente um dos fatores que tem ajudado a moeda a se tornar mais popular. Nas redes sociais, a presença da criptomoeda é constante, mas uma novidade é sempre bem-vinda.

Neste ponto, Jack Dorsey veio ao Twitter anunciar uma nova hashtag para o Bitcoin, iniciando em 2 de fevereiro. A novidade é “simples”, uma vez que um usuário ao comentar na rede social com o uso da “#Bitcoin” ganha automaticamente um símbolo da moeda ao lado.

Hashtag Bitcoin no Twitter
Nova Hashtag Bitcoin no Twitter – Reprodução/Twitter

Jack demonstrou a novidade em seu Twitter, marcando também o perfil da Unicode. Esta última, é um padrão de demonstração de caracteres que já reconhece o Bitcoin como uma moeda desde 2017.

A quantidade de twittes, termo que representa comentários na rede social, foi superior a 75 mil. Ou seja, o termo ganhou destaque na data de lançamento.

Usuários do Twitter fazem termo viralizar

Nas redes sociais, quando se fala em viralizar indica que um termo ou assunto ganhou destaque pelos usuários. Claro que este pode ser tanto para assuntos ruins quanto para bons, que é o caso aqui.

Isso porque mais que 75 mil comentários com a nova hashtag foram realizados, marca que não era vista a mais de ano. De fato, a última vez que o Bitcoin recebeu mais que 75 mil menções no Twitter foi em fevereiro de 2018, um ano ruim para preços da moeda.

No fim de janeiro daquele ano a moeda tinha despencado de U$ 11 mil para cerca de U$ 6 mil. Em poucos dias, recuperou para U$ 11 mil novamente, um marco na volatilidade do preço do Bitcoin.

De acordo com dados do BitInfoCharts, a primeira vez que o Bitcoin recebeu mais que 75 mil comentários foi em 04/06/2015. Naquela ocasião, 76.661 comentários foram feitos em apenas um dia. Contudo, o preço do Bitcoin naquele tempo era apenas U$ 220 por unidade, segundo dados históricos do CoinMarketCap.

Quantidade Histórica de Menções ao Bitcoin no Twitter
Quantidade Histórica de Menções ao Bitcoin no Twitter – Reprodução/BitInfoCharts

Recurso colocado a disposição da comunidade é pago por empresas

Se uma empresa quiser ter alguma logomarca ao lado de sua hashtag, o Twitter cobra pelo trabalho. Essa personalização inclusive é uma das formas que o Twitter possui para monetizar a rede social.

É chamada de hashflag, que permite uma personalização extra nas mensagens feitas pela rede social. Apesar disso, algumas pessoas criticam o uso desta, que reduz a simplicidade do Twitter.

Mesmo assim, a primeira vez que o recurso foi utilizado foi na Copa do Mundo de 2010, colocado em prática pela própria rede social. A primeira grande empresa a comprar este recurso foi a Coca-Cola em 2015. Em 2016, o Twitter vendia um hashflag por U$ 1 milhão cada, cerca de R$ 4 milhões atualmente. O preço, entretanto, não fica disponível para consultas na rede social atualmente, tendo que ser negociado com o próprio Twitter sua criação.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Cristo Redentor, símbolo no Brasil (Rio de Janeiro), e Bitcoin (BTC Blockchain)

Brasil desenvolve com blockchain uma identidade descentralizada

O Brasil caminha rumo às novas tecnologias e já desenvolve com uso da blockchain um novo projeto. Chamada de identidade descentralizada, a solução promete...
Sequestro envolvendo Bitcoin e criptomoedas

Polícia desarticula sequestro que pedia Bitcoin pelo resgate de mulher

Um sequestro de uma mulher no Ceará, que pedia R$ 1 milhão em Bitcoin como resgate, foi desarticulado pela polícia civil em 12 horas....
Estátua da Justiça

Justiça bloqueia do Grupo SAF mais de R$ 400 mil após suspeitas de pirâmide

Um novo negócio suspeito de operar um esquema de pirâmide financeira recebeu atenção da justiça nos últimos dias. Isso porque, a justiça do Distrito...

Últimas notícias

Polícia desarticula sequestro que pedia Bitcoin pelo resgate de mulher

Um sequestro de uma mulher no Ceará, que pedia R$ 1 milhão em Bitcoin como resgate, foi desarticulado pela polícia civil em 12 horas....

Justiça bloqueia do Grupo SAF mais de R$ 400 mil após suspeitas de pirâmide

Um novo negócio suspeito de operar um esquema de pirâmide financeira recebeu atenção da justiça nos últimos dias. Isso porque, a justiça do Distrito...

Uniswap dispara 270% com distribuição de 400 tokens por usuários

O valor total bloqueado (TVL – de Total Value Locked a inglês) na corretora descentralizada Uniswap disparou mais de 270%, de R$ 2.7 bilhões...