Home Office e Bitcoin? O casamento do século

Utilizar o Bitcoin para pagar os trabalhadores, não apenas os de home office, mas os presenciais também, é uma excelente ideia que pode fazer com que a sua empresa possa se tornar mais competitiva além de ajudar na hiperbitcoinização.

Home-Office
Home-Office

Se você é empresário ou trabalha com uma equipe de home office, não acha que seria interessante ter um salário com Bitcoin?

Sejamos francos. Uma coisa que podemos dizer que foi positiva nestes últimos dois anos foi o fato de muitas empresas aderirem ao home office e não estarem pensando em voltar presencial, principalmente aquelas que podem ser chamadas de trabalho de escritório.

Isso é muito bom por diversos motivos, mas dentre eles, o fato das pessoas terem uma maior qualidade de vida, poderem ficar mais próximas de seus filhos e cônjuges, e caso more em cidade grande, a possibilidade de nunca mais perder tempo no trânsito.

Se você é empresário e tem uma equipe de funcionários que trabalha neste regime, uma coisa que pode ser feita é dar a seus trabalhadores a possibilidade de receber parte ou todo o salário em Bitcoin.

Mas caso seja empregado de uma empresa, recomendaria que buscasse trabalhar em locais que possam te pagar com a moedinha digital. Neste episódio, vou dar alguns motivos pelo qual o pagamento do seu pessoal utilizando a moeda da internet ou o recebimento do seu salário, caso seja empregado, pode ser uma excelente opção.

Bitcoin

O Bitcoin está se tornando uma realidade na vida das pessoas, inclusive nas empresas. A criptomoeda está sendo utilizada não apenas para preservação patrimonial pelas grandes corporações, mas também como meio para pagar seus trabalhadores.

Quando uma empresa oferece a opção para seus funcionários receberem em Bitcoin, ela demonstra que está interessada que tenham soberania.

Obviamente, não seriam todos os colaboradores que iriam querer receber em Bitcoin, mas aquelas que optarem por esta opção mostrarão que querem ter total controle sobre o seu dinheiro, garantindo que utilizem um sistema financeiro que esteja alinhado aos seus interesses pessoais, além de receber de uma forma que o governo de qualquer país não tenha acesso, garantindo que 100% do valor caia na mão dos trabalhadores, sem qualquer tipo de dedução.

O futuro

Empresas que pagam seus colaboradores com Bitcoin mostram que não só estão voltadas ao futuro, mas que também estão prontas para adotar novas tecnologias e soluções que podem beneficiar aqueles que assim desejar.

Caso a empresa queira uma mão de obra que esteja alinhada aos ideais libertários e que queira evitar problemas com a justiça trabalhista e todos os seus imbróglios, o ato de pagarem os assalariados com a moedinha laranja já limita bem as pessoas que irão enviar o currículo para a vaga da empresa.

Isso sem contar que seria um grande diferencial para que ela retenha grandes talentos, evitando assim os custos de recrutamento devido a alta rotatividade.

Além disso, o Bitcoin consegue aproximar as empresas dos trabalhadores, mesmo que estejam em outros países. Caso tenha uma empresa que precise de mão de obra muito específica, conseguirá contratá-la muito mais facilmente mesmo que não estejam sob a mesma jurisdição, ou seja, que a pessoa esteja em outro país.

Já se você for um empregado, pode ser contrato por empresas no mundo todo, ganhando em uma moeda global, que não pode ser confiscada por nenhum banco ou entidade, além de ter taxas baixíssimas de envio e recebimento.

Vantagens

Tanto o empregador quanto o empregado nesta situação saem ganhando, justamente porque aumentam a abrangência de onde podem contratar ou ser contratado, além de não ter problemas com justiça ou transtornos com burocracia e taxas devido a enviar e receberem em moedas diferentes.

Mas antes de receber o salário em Bitcoin ou pagar seus trabalhadores com essa moeda, é importantíssimo considerar alguns pontos.

O primeiro deles, obviamente, é você ler, entender, compreender e saber mexer nessa moeda digital. De nada adianta querer usar algo que você não conhece e não sabe o funcionamento.

Além disso, é interessante saber como diminuir as taxas a serem pagas além de modelos diferentes de pagamento, como por exemplo, pagar o principal usando onchain, mas pagar valores menores usando a Lightning Network.

Conformidade

Caso seja empregador, é interessante verificar o que é preciso para estar em conformidade com os rabiscos escritos em um pedaço de papel chamadas leis.

Nos Estados Unidos, as empresas precisam estar de acordo com o Fair Labor Standards Act além das leis do estado onde se encontram. Aqui no Brasil, seria interessante conversar com uma contador e um advogado que tenha conhecimento nesta área e em criptomoedas.

Se vocês precisarem de indicação, recomendo o João Abitante, conhecido como contador libertário, o Ojeda e o Daniel, ambos advogados com grande conhecimento em direito e Bitcoin.

Todos podem ser encontrados na rede social que mais agrega bitcoinheiros até o momento, o Twitter. O link para seus perfis estarão aqui na descrição do vídeo.

Além disso, existem vários meios do salário da equipe remota ser pago. Falamos brevemente de alguns exemplos até agora, mas vamos nos adentrar em alguns pontos de atenção.

Caso trabalhador e empresa estejam em países diferentes, é interessante que os salários sejam pagos integralmente em Bitcoin, com o objetivo de evitar qualquer tipo de problema jurídico ou financeiro devido a taxas de câmbio e processamento de pagamento.

Caso estejam sob a mesma jurisdição, pode ser interessante para o trabalhador receber parte na moeda fiduciária corrente e parte em Bitcoin, já que a moeda digital tem flutuações que podem impactar tanto positiva quanto negativamente os trabalhadores.

O pagamento sendo feito em duas moedas separadas, diminui os riscos, o que pode ser melhor para ambas as partes.

Além disso, os pagamentos não precisam ser necessariamente mensais, podem ser de acordo com o término de um projeto ou job específico, semanalmente, diariamente, ou por sessões.

Os valores a serem recebidos ou enviados em Bitcoin podem ser fixos em moeda corrente ou na moeda digital, entretanto, é importante lembrar que no contexto atual é muito mais fácil encontrar trabalho que fixe o valor na moeda corrente e posteriormente faça a conversão para a criptomoeda do que um trabalho que tenha o valor fixo em Bitcoin.

Isso é motivado pelos custos das empresas ainda serem em moeda fiduciária, e por isso, tendem a manter os salários fixos na mesma moeda que suas despesas.

Segurança

Ademais, existem questões de segurança cibernética que devem ser levadas em conta, principalmente hoje em dia, ainda mais quando falamos de moedas digitais. É necessário garantir que os valores sejam distribuídos para a equipe remota com total segurança.

Um ponto importante, é garantir que os trabalhadores enviem os endereços corretos, para que o pagamento não seja enviado para uma outra carteira, ou pior ainda, para o limbo.

Para garantir isso pode-se pedir para os usuários manterem endereços únicos e fixos para este objetivo, que apesar de diminuir um pouco a privacidade, pode-se garantir que o endereço sempre estará correto, ou que sempre enviem um novo endereço, mas que se responsabilizam caso os dados não estejam corretos.

Lembre-se, se for receber em Bitcoin o endereço da sua carteira deve estar correto, caso contrário, perderá todo o salário, não sendo possível estornar o valor caso a transação assinada já tenha sido propagada pela rede.

Por fim, é importante frisar que os ataques cibernéticos estão sempre evoluindo, e portanto, o sistema de pagamento utilizado, seja ele qual for, deve sempre estar atualizado, além de ser totalmente auditado. Assim, é garantido que o sistema esteja seguro e fora das mãos dos hackers.

Planejamento

Depois de conversar com o contador e o advogado da sua empresa, se realmente quiser fornecer a opção de pagamento dos salários em Bitcoin para seus trabalhadores, é importante fazer o planejamento correto, assim garantirá que nem sua empresa e nem os funcionários de home office estarão em risco.

Criar um questionário perguntando se eles estariam interessados em receber parte do salário em Bitcoin, examinando o interesse deles pela moeda, é uma boa forma de começar a sentir se essa é uma opção.

Você pode começar fazendo o pagamento para os funcionários mais entusiastas, conversando com eles posteriormente afim de receber feedbacks de como melhorar o processo.

Caso seja um funcionário, poderá mostrar para a gerência a possibilidade de ser pago com essa moeda digital, se dispondo a ser a cobaia deste experimento, ajudando a empresa com dicas de como melhorar e implementar essa opção para todos os demais trabalhadores, além de onde podem encontrar mais informações para que tenham amparo jurídico e financeiro.

Por fim, a educação pode desempenhar um papel fundamental no sucesso deste projeto. Se a companhia quiser oferecer Bitcoin como meio de pagamento, ela pode fazer um programa de treinamento para ensinar todo o quadro de colaboradores sobre os benefícios dessa moeda.

Criar ferramentas e recursos para aqueles que querem aprender sobre o assunto garantirá que os trabalhadores possam verificar os prós e contras de receber em uma moeda diferente, podendo ter o mínimo necessário de conhecimento para tomar uma melhor decisão e garantir que seus salários possam ser pagos ou não em Bitcoin.

Como fazer

Se você está ajudando a empresa onde trabalha a adotar o pagamento do seu pessoal usando a moedinha laranja, poderá mostrar para a gerência os canais dos Bitcoinheiros e do KoreacomK aqui no YouTube, onde disponibilizam conteúdos básicos e avançados para os usuários que querem aprender mais sobre esta criptomoeda.

Utilizar o Bitcoin para pagar os trabalhadores, não apenas os de home office, mas os presenciais também, é uma excelente ideia que pode fazer com que a sua empresa possa se tornar mais competitiva além de ajudar na hiperbitcoinização.

Além disso, se a empresa onde trabalha te pagar em Bitcoin, significa que não precisará se preocupar em ficar comprando todos os meses os seus satoshinhos, garantindo menos preocupação com isso, podendo se dedicar as coisas mais importantes, como trabalho, família e lazer.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
O Koreahttps://beacons.page/koreacomk
Consultor, programador e tradutor. #bitcoin maximalist. gpg: F2BD 6AD8 C042 ED6E 9C5A 232F 3B90 9765 FBEA 7B30

Últimas notícias