Homem transforma R$ 1 mil em R$ 1 milhão por causa de Bug em criptomoeda

O projeto possuía um bug que acabou distribuindo tokens de forma errônea.

Siga no
Dinheiro plantado no chão
Dinheiro plantado no chão

Uma nova história sobre os riscos das Finanças Descentralizadas (DeFi) mostrou como uma falha fez com que um investidor conseguisse transformar US $ 200 (cerca de R$ 1 mil) em US $ 250 mil (mais de R$ 1 milhão).

Como informado pela Forbes, o caso é uma ótima demonstração de como todo o setor de DeFi ainda tem muito o que amadurecer e, principalmente, demonstrar os muitos riscos que existem no mercado.

Toda a movimentação suspeita aconteceu com um token chamado de SYFI, Soft Yearn Finance. A ideia por trás do projeto era ser uma Stablecoin com base no Yield Farming, de forma simples, é uma criptomoeda com lastro no token Yearn Finance Token (YFI), um dos principais tokens no setor de DeFi.

O SYFI tem um lastro com base em algoritmo, chamado também de soft pegged, traz uma forma diferente de garantir que cada token equivale ao preço de um YFI, sem a necessidade de ter os tokens em uma reserva como colateral (como é o caso do Tether).

Basicamente, o que o SYFI faz é realizar um rebase dos fundos de seus investidores levando em conta a quantidade que cada um possui, o preço do ativo e o suprimento total. A cada 24h esse rebase é feito para manter a característica estável do ativo digital.

No entanto, o processo todo acabou saindo de controle após a listagem do token na Uniswap.

Investidor fez fortuna após listagem na Uniswap

Quando o token SYFI foi listado na Uniswap, um protocolo descentralizado que funciona como uma exchange de tokens, o preço por cada ativo digital disparou para a casa dos US$ 160.

Mas a alegria dos holders não durou muito, já que durante o primeiro rebase, o preço despencou. Durante a confusão de volatilidade, um trader conseguiu “explorar” um bug no protocolo que fez com que seus US $ 200 dólares se transformasse em US $ 250 mil. Claro, o dinheiro não foi gerado do nada, o “lucro” acabou drenando a pool de liquidez do SYFI, praticamente matando o projeto para sempre.

Curiosamente, após a situação, o suposto trader responsável pelo “exploit” contou toda a história do Twitter e tentou explicar o que realmente aconteceu.

De acordo com o usuário, ele nem mesmo tentou explorar o problema no protocolo, tudo acabou acontecendo por acidente.

De acordo com Amplify, o que ele fez foi justamente tentar revender alguns de seus tokens alguns minutos antes do Rebase, mas ao entrar no Uniswap, ao invés dos 2 YFI que ele tinha, ele estava com 15.551, com o preço de 740 ETH por esse montante.

De acordo com o trader, ele inicialmente pensou que poderia ser um bug visual, como aconteceu com o YAM. Como era um “erro de display”, ele tentou fazer uma operação, o máximo que iria acontecer era perder o dinheiro das taxas de transação.

No entanto, ele se surpreendeu com o fato de ter conseguido vender as moedas e multiplicar seu capital em quase 100x.

Ao que tudo indica, o projeto de rebase do SYFI possuía um bug que acabou distribuindo os tokens de forma errônea. Foi exatamente esse o problema que fez com que o YAM falisse.

Amplify está devolvendo alguns valores para pessoas que perderam dinheiro durante esse erro do SYFI, além de distribuir parte do dinheiro para alguns projetos no Github. No entanto, o usuário afirma que não está arrependido de nada, e que as pessoas precisam parar de arriscar em projetos assim.

“Eu estou condenando as ações dos desenvolvedores por terem a coragem de realizar uma pré-venda por uma moeda forkada em com um código sem auditoria.”

Lembrando que não há nada de errado em tentar ganhar dinheiro com projetos diferentes dentro do criptomercado, como aconteceu com as ICOs. No entanto, DeFi está se mostrando uma grande bolha e que eventualmente vai estourar. Por isso, todo cuidado é pouco.

Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Miami pode ser a primeira cidade a ter reservas em Bitcoin

O prefeito de Miami, Francis Suarez, vem, desde dezembro de 2020, considerando apostar no Bitcoin para fazer parte das reservas da cidade. Segundo Suarez,...
PayPal e Bitcoin criptomoedas blockchain

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Cotações por TradingView

Últimas notícias

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Banco Central da Nova Zelândia é hackeado

Há uma semana, no domingo (10), o Banco Central da Nova Zelândia foi alvo de um ataque hacker que deixou graves consequências. As autoridades...

Binance abre inscrições para voluntários no Brasil

Quem busca empreender com criptomoedas ou mesmo ingressar nas comunidades brasileiras, uma oportunidade de aprendizado surgiu nos últimos dias. A Binance, a maior maior...

Uganda desliga internet, comércio de bitcoins para de funcionar

Na véspera das eleições presidenciais, o governo da Uganda bloqueou, sem avisar, a Internet de toda população. Isso ocorreu depois de os ugandeses contornarem...