IBM e Santander anunciam parceria de US$ 700 milhões com foco em blockchain

Acordo milionário assinado entre o Santander e a IBM mira no futuro, e tem como objetivo o desenvolvimento de soluções de blockchain e big data.

Siga no
(Foto: divulgação)

IBM e Santander, duas gigantes em seus setores de atuação, anunciaram, na semana passada, uma parceria global de tecnologia concentrada em soluções de blockchain e big data.

O acordo de cinco anos vai gerar uma receita de U$ 700 milhões para a IBM que, em troca, oferecerá sua expertise de armazenamento em nuvem para reduzir os gastos anuais do banco com TI e impulsionar seus serviços e aplicativos.

Mas a parceria vai além. Uma das principais características do acordo se concentra no protagonismo da blockchain que, combinada com o uso da tecnologia de nuvem híbrida, se torna o meio ideal para registrar um grande número de transações de maneira segura.

Para implementar a estratégia de nuvem, o banco espanhol desenvolveu seu próprio Cloud Competence Center. Em comunicado, a IBM revelou estar colaborando com o centro na definição de metodologias e processos, a fim de “acelerar essa jornada de transformação”.

Na trilha das criptomoedas

Com bom desempenho em 2018, apresentando um lucro líquido global de 7,8 bilhões de euros, o investimento recente do Santander é um recado de posicionamento diante das novas demandas de negócios, no qual a tecnologia distribuída assume lugar estratégico.

No ano passado, por exemplo, o banco foi notícia no ecossistema cripto ao anunciar o lançamento do One Pay FX, primeiro sistema de transferências de remessas feito de um banco para outro via blockchain.

Ao utilizar uma plataforma alinhada ao mundo das criptomoedas, o banco se coloca à frente dos seus concorrentes e sai com vantagens quando uma regulamentação mais ampla for implementada nos países onde atua.

Liderança garantida

O Santander não é a primeira instituição financeira a firmar acordo com a IBM. Empresas como Nordea Bank e Lhoyds Bank já haviam se voltado para a gigante da tecnologia em busca do seu provedor híbrido em nuvem.

Dentre os 20 principais bancos listados pela Fortune 500, o Santander se tornou o 19a estabelecer parceria com a IBM. Esta, por sua vez, dá mais um passo rumo a consolidação como líder no fornecimento de tecnologia para a indústria financeira.

Leia mais sobre:
Camila Marinho
Camila Marinho
Camila Marinho é jornalista, com passagem por jornais impressos e outros portais com foco em criptomoedas. Acredita que a tecnologia blockchain é como o fogo dado por Prometeu à humanidade. Cresceu sob o sol da Bahia e hoje vive no frenesi do centro de São Paulo.

Governo da Ucrânia ensina bitcoin para população

O Ministério da Transformação Digital da Ucrânia criou uma campanha para ensinar  bitcoin, blockchain e criptomoedas para a população. Os vídeos foram desenvolvidos em...

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...
BCHA-51-attack

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

Últimas notícias

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

30 bilionários possuem bitcoin, mas não falam sobre isso, revela milionário do Twitter

O multimilionário filantrópico Bill Pulte, apelidado de "Bitcoin Bill" após sua entrada no mercado de bitcoin em dezembro de 2019, afirmou em uma live...