Indicado de Bolsonaro à CVM quer mais regulação para as criptomoedas

Em sabatina no Senado Federal, nome do indicado pelo presidente foi unânime entre senadores.

Siga no
Otto de Albuquerque Lobo é indicado de Bolsonaro para CVM
Otto de Albuquerque Lobo é indicado de Bolsonaro para CVM/TV Senado

O Senado Federal se reuniu na última segunda-feira (5) para avaliar o indicado pelo presidente Jair Bolsonaro ao cargo de Diretor da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Em sua apresentação, Otto Eduardo Fonseca de Albuquerque Lobo defendeu que a autarquia deve dar uma atenção especial ao setor de criptomoedas.

A indicação de Otto foi publicada no Diário Oficial da União no meio de junho, visto que Henrique Balduíno Machado Moreira, que ocupava o mesmo cargo chegou ao fim de seu mandato.

De acordo com a Agência Senado, para avaliar o nome de Otto, a MSF 21/2021 foi avaliada pelos senadores da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), que aprovaram a indicação por unanimidade. Agora, a deliberação segue para o plenário, que deve validar a escolha.

Mais pressão sobre o Bitcoin? Indicado a CVM por Jair Bolsonaro quer atenção especial às criptomoedas

O Bitcoin é uma moeda digital que vem sendo avaliada pelo Banco Central do Brasil. Com alguns projetos de lei para regulamentar o setor, tanto na Câmara dos Deputados, quando no Senado Federal, o tema tem ganhado destaque nos últimos meses.

Sendo assim, o assunto voltou a tona na última segunda, quando Otto Albuquerque era avaliado por senadores, para uma vaga de Diretor da CVM.

Indicado a CVM por Bolsonaro
Otto Albuquerque
Créditos: Waldemir Barreto/Agência Senado

Em sua fala, Otto Albuquerque afirmou que está preparado para assumir a posição de Diretor da CVM, que cuida do mercado de investimentos no Brasil. O indicado de Bolsonaro ainda declarou que é advogado há mais de 25 anos, sendo que cursa atualmente Doutorado na USP na mesma área.

Além disso, ele declarou que com a taxa de juros em baixa no Brasil, o mercado de capitais está em expansão. Sendo assim, a pressão sobre a CVM para implementar regras cresceu, aumentando a responsabilidade dos diretores da autarquia.

Assim, Otto de Albuquerque deixou claro que a Comissão de Valores Mobiliários deve ter atenção especial a criptomoedas.

“Outro ponto que merece especial atenção diz respeito aos criptoativos, que não possuem regulação no país. De todo modo, esse ano a CVM autorizou a negociação de ETF, Fundo de Índice de criptoativos no Brasil”.

Caso Otto seja aprovado também no plenário do Senado Federal, deverá ocupar o cargo até 31 de dezembro de 2025.

CVM não é a responsável por regulamentar o Bitcoin como moeda

Vale o destaque que, no Brasil hoje, o Bitcoin é analisado como moeda apenas pelo BCB. Ou seja, não compete a CVM a criação de regras ao setor, apenas quando este mercado está envolvido com investimentos.

Algumas regras, como bem citado pelo candidato a Diretor da CVM em sua sabatina, já foram criadas no setor de ETFs de Bitcoin e fundos de investimentos no setor.

Como moeda, no entanto, quem define o futuro é o Bacen, que deixou claro recentemente que não deve regulamentar o Bitcoin, mas sim seu network.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

O Ethos de um Bitcoinheiro

Desde que eu caí na toca do coelho, algo sempre chamou a minha atenção: como os bitcoinheiros possuem um ethos próprio bastante particular. Primeiro,...
Moedas físicas de Bitcoin em várias cores

Fundo de Investimentos em Cingapura anuncia compra de Bitcoin “físico”

Um fundo de investimentos baseado em Cingapura anunciou uma nova compra de Bitcoin "físico", o que causou surpresa no mercado local. O setor financeiro tradicional...
Jogador do Flamengo Gabriel Barbosa

Token do Flamengo despenca após derrota para o Palmeiras na Libertadores

Nas últimas 24 horas, o fan token do Flamengo despencou mais de 27%, após o clube ser derrotado pelo Palmeiras na final da Copa...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias