Indicador aponta que o Bitcoin pode estar perto do fundo

Conforme o Bitcoin detém 42,7% deste valor, é natural que este número cresça apenas com o BTC.

Moeda de Bitcoin como uma fênix, renascendo das cinzas.
Moeda de Bitcoin como uma fênix, renascendo das cinzas.

Chamado Múltiplo de Mayer, este indicador começou a ganhar popularidade entre investidores pela sua facilidade. Segundo dados históricos, sempre que seu valor chegou a 0,5, o Bitcoin havia encontrado seu fundo, e então começava a subir novamente.

Além de ser usada no Bitcoin, tal métrica também pode ser utilizada no mercado de criptomoedas como um todo. O  valor do Múltiplo de Mayer também alcançou 0,5, o que pode representar o fim do bear market para as altcoins.

Contudo, vale lembrar que estes indicadores são um retrato do passado e apesar de já terem funcionado antes, os resultados futuros podem mudar. Portanto, devem ser usados como uma ferramenta adicional e não como uma regra.

Multiplo de Mayer do Bitcoin chega a 0,5

Calculado pelo preço atual do Bitcoin sobre a média móvel de 200 dias, o Múltiplo de Mayer já apontou encerramentos de bear markets no passado. Estando novamente no valor 0,5, o indicador mostra que novamente podemos ter chegado ao limite.

Como exemplo, o indicador tocou os 0,5 em dezembro de 2018, quando o Bitcoin começava sua retomada de preços. Mais tarde, chegou a valores próximos em 2020 e novamente em 2021, sempre antes de uma reversão de tendência.

Multiplo de Mayer do Bitcoin/Dólar. Fonte: TradingView.

Portanto, embora este e outros indicadores não mostrem o que o futuro nos reserva, eles podem ajudar a entender o mercado e fazer investidores lucrarem com isso.

Indicador atinge mesmos níveis no mercado de criptomoedas

Quando mudamos de Bitcoin para todo o mercado de criptomoedas, os resultados são parecidos, como apontado pela CoinDesk. Com 884 bilhões de valor de mercado, equivalente a R$ 4,8 trilhões, podemos esperar que este seja o limite do bear market.

Multiplo de Mayer aplicado sobre todo mercado de criptomoeds. Fonte: TradingView

Conforme o Bitcoin detém 42,7% deste valor, é natural que este número cresça apenas com o BTC. De qualquer forma, as altcoins sempre acompanham os movimentos da maior moeda do mercado, então devem voltar a subir assim que o Bitcoin parar de sangrar.

Por fim, mesmo que indicadores mostrem um futuro promissor para o Bitcoin, vale lembrar que os EUA vivem o período de maior inflação das últimas décadas. Portanto, espera-se que as políticas monetárias americanas atrapalhem esta reversão de tendência.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias