Índice de bitcoin chegará a Wall Street em 2021

A S&P DJI disse que o índice tornará mais fácil para os investidores acessarem esta “classe de ativos impulsionados por tecnologia emergente, enquanto potencialmente mitigam alguns dos riscos comuns associados ao mercado tradicionalmente especulativo”.

Siga no
Bitcoin grafico
Bitcoin grafico

O provedor de dados financeiros S&P Dow Jones (S&P DJI) terá um novo serviço de indexação de criptomoedas em Wall Street, a empresa anunciou a novidade na manhã desta quinta-feira (03).

De acordo com o comunicado, o índice será lançado em parceria com o provedor de dados Lukka, que usará seus serviços de agregação de dados para coletar informações para o novo índice de criptomoedas.

“Conforme o mercado de criptomoedas evoluiu nos últimos anos, o interesse dos investidores em soluções baseadas em índices com base em ativos digitais e blockchain cresceu e reforçou a necessidade de dados confiáveis ​​de preços”, diz o comunicado.

O novo serviço não será tão abrangente quanto o já conhecido Coin Market Cap, pois irá suportar apenas grandes criptomoedas, como o bitcoin e o ethereum. Mas no futuro pelo menos outras 500 criptomeodas podem ser adicionadas no índice. Em contraste, outros índices antigos no mercado já possuem informações de pelo menos 7000 criptomoedas.

A criação do índice em Wall Street pode ser um indicador de que em breve um ETF em bitcoin poderá ser aprovado. O índice permitirá que as empresas de gestão de ativos construam ferramentas de investimento relacionados à moedas digitais, isso pode trazer mais instituições para o mercado cripto e mais credibilidade para o mercado.

A novidade foi destacada na grande mídia que explicou que o objetivo de Wall Street é “profissionalizar o mercado”.

Existe um interesse novo no mercado de criptomoedas porque muitos acreditam que a impressão de dinheiro descontrolada dos governos em todo mundo pode desencadear uma grande crise econômica, assim, várias empresas estão apostando no bitcoin como uma reserva de valor.

A S&P DJI disse que o índice tornará mais fácil para os investidores acessarem esta “classe de ativos impulsionados por tecnologia emergente, enquanto potencialmente mitigam alguns dos riscos comuns associados ao mercado tradicionalmente especulativo”.

2020 certamente foi bom para o bitcoin.

2021 promete.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Tesla e Bitcoin

Tesla registra mais prejuízo com compra de Bitcoin no terceiro trimestre

A Tesla registrou um prejuízo contábil com a compra de Bitcoin, apresentado em relatório aos investidores na última quarta-feira (20). Essa empresa listada na Nasdaq...
Elon Musk com mãos juntas em conversa

Elon Musk revela sua “previsão” de preço do Bitcoin

O homem mais rico do mundo, Elon Musk, não conseguiu ignorar a alta no preço do Bitcoin, compartilhando uma imagem em seu Twitter que...

Cuidado: bancos e corretoras estão roubando você

Em tese, a ideia de um fundo de investimento é ótima. Afinal, um gestor profissional e uma equipe de analistas provavelmente vão performar melhor...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias