Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

"A base monetária alcançou R$427,8 bilhões em outubro, aumento de 4,7% no mês e de 46,3% em doze meses. Na comunidade Bitcoin, em abril de 2020, chamou atenção um meme com Jerome Powell imprimindo dinheiro por 10 horas seguidas". Movimento é visto também no Brasil.

Siga no

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve um aumento na base monetária de 46,3%.

Em uma economia tradicional, os países fazem o possível para manter a inflação na moeda local. As políticas sobre este assunto são alvo de estudos e políticas dos Bancos Centrais, autoridades centralizadas que detém poder para impressão de dinheiro.

O Banco Central Europeu, por exemplo, deixou claro na última semana que por lá nunca vai falta dinheiro. Ou seja, a mensagem que a “impressora” está ligada foi repassada ao mundo.

Em 2020, a pandemia da COVID-19 foi a justificativa dessas ações em torno do globo. Mas até quando o movimento se sustenta?

Base monetária alcançou R$427,8 bilhões em outubro

Em ano de pandemia, a saúde e economia foram os dois principais tópicos que preocuparam a população. Isso porque, com regras duras de isolamento social em vários países, a economia mundial quase parou.

Para conter os efeitos, bancos centrais imprimiram muito dinheiro e jogaram para a população. O Brasil foi um dos que viram a sua base monetária crescer muito nos últimos 12 meses, principalmente após a pandemia.

De acordo com o Banco Central do Brasil, por meio do relatório Estatísticas Monetárias e de Crédito, houve um aumento na base monetária de 46,3%.

“A base monetária alcançou R$427,8 bilhões em outubro, aumento de 4,7% no mês e de 46,3% em doze meses. No mês, as reservas bancárias cresceram 30,4%, enquanto o papel-moeda emitido, 0,7%.”, diz trecho de relatório do Bacen do último dia 27 de novembro

Os dados do relatório mostram que houve um aumento do dinheiro que circula na economia. O movimento atrai preocupações com um possível descontrole na inflação do Brasil.

O Banco Central afirmou que os dados do relatório estão atualizados até o mês de outubro de 2020.

Realidade da impressão de dinheiro no mundo é impressionante em 2020

De acordo com a Reuters, nos últimos dias o Banco Central Europeu deu garantias de que a impressora de dinheiro está ativa. Segundo a presidente do ECB, Christine Lagarde, o “Banco Central nunca vai falir ou ficar sem dinheiro“, sinalizando atuações caso seja necessário.

Nos Estados Unidos, o FED já imprimiu trilhões na economia norte-americana. O movimento levou até bilionários famosos confessarem a compra de Bitcoin para se proteger do movimento. Outros 30 bilionários poderiam já ter Bitcoin e ainda nem ter comentado sobre.

Na comunidade Bitcoin, em abril de 2020, chamou atenção um meme com “Jerome Powell imprimindo dinheiro por 10 horas seguidas”. Powell é atual presidente do Banco Central dos Estados Unidos. O movimento preocupa e alguns lembraram nos comentários do vídeo meme da realidade da Venezuela e de Zimbábue, onde as moedas locais valem cada vez menos.

Cabe o destaque que, enquanto os BCs pelo mundo imprimem mais, o Bitcoin reduziu sua oferta. Com o chamado halving, ocorrido em maio de 2020, a impressão diária de Bitcoin caiu pela metade. Esse mecanismo ocorre a cada período e combate justamente a inflação, coincidindo em 2020 com a expansão monetária global.

Para o entusiasta do Bitcoin Jimmy Song, há um movimento de corrupção no sistema financeiro. Dessa forma, o crescimento do Bitcoin irá revelar esse movimento e iluminar as pessoas para sair da “escuridão”. Ele afirmou que a moeda digital deve ser compreendida pelas pessoas, se tornando assim uma “lâmpada”.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Sites de negociações de criptomoedas, cuidado com golpes

Cinco sites de investimentos em criptomoedas recebem ordem de parada

Nos últimos dias, cinco sites que prometiam investimentos com criptomoedas para pessoas receberam uma ordem de parada, com as autoridades aumentando sua escalada com...
Delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro

“Faraó dos Bitcoins” mandou matar concorrente em Cabo Frio, diz Polícia

O delegado da 126.ª DP de Polícia Civil do Rio de Janeiro, Carlos Eduardo, comentou sobre a finalização do inquérito que acusa o "Faraó...
Criptomoedas próximas a uma folha com a frase Procurando por liberdade

FGV promove evento sobre perfil de investidores de criptomoedas

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), por meio de sua escola de economia, vai apresentar os resultados de um estudo sobre investidores de criptomoedas. O evento...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias