Investidores de longo prazo começam a reacumular Bitcoin

Segundo a Glassnode, muitos investidores de longo prazo se desfizeram de suas moedas ainda em março, quando o Bitcoin atingiu sua máxima história. Sendo assim, eles foram responsáveis pela correção de preços que fez o BTC cair para os US$ 56.500.

Após uma semana agitada, com o Bitcoin testando os US$ 70.000 novamente enquanto mais uma empresa adota a mesma estratégia da MicroStrategy, dados revelam que investidores de longo prazo voltaram a acumular moedas pela primeira vez desde dezembro do ano passado.

As informações foram publicadas pela Glassnode nesta terça-feira (28), que também deu destaque para a alta de 20% do Ethereum após a aprovação de ETFs de ETH nos EUA.

Para a empresa de análise, essa é uma “corrida de touros calma”. Afinal, o preço está subindo, mas sem nenhuma euforia, o que pode ser um sinal de amadurecimento do mercado.

Investidores de longo prazo realizaram lucros, mas estão acumulando novamente

Segundo a Glassnode, muitos investidores de longo prazo se desfizeram de suas moedas ainda em março, quando o Bitcoin atingiu sua máxima história. Sendo assim, eles foram responsáveis pela correção de preços que fez o BTC cair para os US$ 56.500.

No entanto, esses mesmos investidores voltaram a acumular bitcoins. Além dos preços atrativos, a contínua demanda de BTC por empresas pode estar por trás dessa mudança de comportamento.

“Estando logo abaixo de seu topo histórico, o Bitcoin continua em consolidação, com investidores de longo prazo começando a re-acumular moedas pela primeira vez desde dezembro de 2023.”

Outro dado apresentado mostra que as entradas diárias de US$ 242 milhões nos ETFs americanos é quase 8 vezes maior que o volume de venda gerado pelos mineradores, de US$ 32 milhões por dia.

Portanto, isso mostra que a inflação do Bitcoin está se tornando cada vez mais irrelevantes, sem exercer grande pressão vendedora.

Ethereum ganha sobrevida após aprovação de ETFs

Em relação ao Ethereum, a Glassnode aponta que a segunda maior criptomoeda do mercado também teve quedas pequenas quanto comparadas a outras do passado. O motivo seria a resiliência do mercado, mais maduro que antigamente.

Correções estão menos acentuadas no Ethereum. Fonte: Glassnode/Reprodução.
Correções estão menos acentuadas no Ethereum. Fonte: Glassnode/Reprodução.

Embora o Ethereum tenha ficado para trás em relação ao Bitcoin durante esse ciclo, a empresa destaca que o par ETH/BTC pode mudar de direção a partir de agora.

“Se considerarmos o impacto significativo e a influência que os ETFs à vista tiveram no Bitcoin desde o início do ano, o par de negociação ETH/BTC pode estar exibindo sinais iniciais de um caminho mais promissor à frente”, escreveram os analistas.

Por fim, é destacado que 93,4% dos investidores de Bitcoin estão no lucro no momento e que esta alta está sendo liderada pelas “mãos de diamante”, ou seja, investidores de longo prazo que seguram suas moedas, independente do que esteja acontecendo com o preço.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias