Regulação fechando o cerco contra corretoras faz investidores sacarem US$ 2,5 bi em bitcoin nas últimas 24 horas

Ao enviar corretamente seus saldos de Bitcoin para carteiras, os investidores se protegem de qualquer interferência em suas moedas, causadas por regras aplicadas nas plataformas.

Siga no
Pessoa guardando Bitcoin em carteira
Pessoa armazenando Bitcoin em carteira

Após a crescente pressão de regulamentação sobre corretoras do mercado de criptomoedas, investidores de Bitcoin seguem enviando seus saldos para carteiras seguras.

A análise foi feita pelo especialista em Bitcoin, Will Clemente, que observou nesta quarta-feira (28) a nova movimentação significativa na rede. De acordo com ele, 63.289 BTC saíram de corretoras nas últimas 24 horas.

As saídas significativas das corretoras aconteceram em três lotes, totalizando US$ 2,5 bilhões, cerca de 13 bilhões de reais.

Saldo de Bitcoin são enviados para carteiras, afirma especialista
Saldo de Bitcoin são enviados para carteiras, afirma especialista/Twitter

Citando dados da Glassnode, Clemente não mostrou a origem dos saques, ou seja, não está claro de quais corretoras as retiradas em massa foram feitas.

Mesmo assim, o movimento acontece após um dia de mudanças na principal plataforma do mercado, a Binance, mostrando que a pressão da regulamentação de governos chegou na exchange.

Um dos maiores perfis do twitter também comentou sobre os saques recentes:

“Mais de $ 2,5 bilhões em bitcoin saiu das corretoras hoje, provavelmente enviadas para carteiras mais seguras” disse o perfil, acrescentando: Você pode e deve fazer o mesmo.

Envio de bitcoins para carteiras é um bom sinal para o mercado?

Em outro gráfico compartilhado por Clemente em sua análise dos dados da rede do Bitcoin, o analista detectou uma queda coincidente no balanço de moedas das corretoras. Ou seja, está claro que há um movimento de saques massivo no mercado.

A queda nos saldos de corretoras é um sinal de que o mercado espera que as regulamentações afetem as plataformas.

Ao enviar corretamente seus saldos de Bitcoin para carteiras, os investidores se protegem de qualquer interferência em suas moedas, causadas por regras aplicadas nas plataformas.

Vale o destaque que o mercado ainda opera em alta pelo oitavo dia seguido no momento da escrita desta matéria, superando até a marca de US$ 40 mil.

Isso mostra que o preço do Bitcoin não está abalado pelo caso Binance, nem pelos saques em massa em corretoras, que em ocasiões passadas marcaram um bom momento de alta no mercado.

De qualquer forma, o mercado ainda segue atento aos movimentos na rede para entender o que pensam os investidores que quais serão os próximos passos do preço da principal criptomoeda.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Praia do Forte em Cabo Frio pirâmide com Bitcoin

Eagle Eyes, empresa do “Pastor do Bitcoin” em Cabo Frio suspende saques

A empresa Eagle Eyes, que operava com sede na cidade de Cabo Frio (RJ), é mais uma possível pirâmide usando a imagem das criptomoedas...

Segunda maior pool de Ethereum encerra atividades devido a restrições na China

A SparkPool, segunda maior pool de mineração de Ethereum, anunciou que encerrará suas atividades no dia 30 deste mês. Hoje a pool é responsável...

Empreendedores vs investidores, quem ganhou mais dinheiro com criptomoedas?

Qual será a melhor estratégia para ganhar dinheiro, investir direto em criptomoedas ou empreender em setores essenciais relacionados a elas? Neste artigo faremos um comparativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias