Investir em IPO de ação ou criptomoeda ?

Siga no

Atualmente existe uma infinidade de opções para investir seu dinheiro que vai desde ter seu próprio negócio, investir em criptomoedas, ações entre outros.

Contudo, a base central do investidor sempre deve ser o conhecimento, pois é com ele que as decisões assertivas e bem sucedidas são tomadas. Com a falta de conhecimento, por exemplo, é impossível se proteger da inflação.

Mas afinal de contas, qual é a melhor opção de investimento, criptomoedas ou em alguma oferta pública inicial de ação (IPO, sigla em inglês)?

Primeiramente precisamos entender o que leva uma empresa fazer um IPO.

Basicamente, quando uma companhia tem objetivo de ampliar seu negócio e operações para atender uma alta demanda, mas, não possui capital suficiente, a empresa pode correr para os bancos tradicionais e fazer empréstimos ou buscar capital no mercado financeiro.

Normalmente as grandes companhias preferem levantar o capital necessário no mercado financeiro, é um processo caro, porém, mais barato que o tradicional empréstimos em banco com juros exorbitantes.

Da mesma forma que é necessário ter um prévio conhecimento para investir em um IPO se faz necessário em criptomoedas.

Recentemente a empresa Multilaser anunciou que irá fazer seu IPO na bolsa de valores (B3), as datas para fazer a reserva das ações começa a partir do dia 02 de julho e encerra 14 de julho.

Todavia, antes de entrar nessa ou em qualquer outra oferta inicial de ação é de suma importância entender o que a companhia faz, quais são seus produtos/serviços, público alvo e não menos importe a saúde financeira entre outras analises e avaliações.

É possível consultar todas essas informações no prospecto que a companhia disponibiliza no site da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), órgão responsável pela fiscalização. Com essas informações em mãos, o investidor consegue analisar a empresa antes de tomar a decisão se vai ou não entrar no IPO.

Com as criptomoedas não é diferente, investir em qualquer cripto sem entender o real objetivo central é tão arriscado quanto investir em qualquer IPO ou outra empresa que já está sendo negociada na B3.

O projeto da Cardano (ADA), por exemplo, um dos objetivos consiste em oferecer finanças descentralizadas para facilitar empréstimos entre pessoas com taxas de juros muito inferior aos dos bancos.

O fato é que aplicar seu dinheiro em criptomoeda ou em ações são excelentes opções de investimento, não existe certo e errado, melhor ou pior, na realidade ambos atende diferentes perfis de investidores. Entretanto, todo aspirante a investidor ou até mesmo o experiente precisa fazer o dever de casa e analisar muito bem onde está colocando seu dinheiro.

Por fim, como já foi dito, a melhor característica de qualquer investidor é o conhecimento.

Contudo isso não se aplica somente para quem deseja investir, conhecimento é algo que se leva para uma vida toda e transmitido de geração para geração.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Times Money Journal
O Times Money Journal é um site voltado para fornecer notícias e informações sobre finanças e afins, temos como principal objetivo educar e informar os leitores através do nosso portal.
Vista da cidade de Miami

Criptomoeda de Miami será listada em primeira grande corretora

A cidade de Miami está para lançar sua própria criptomoeda, que já recebeu a confirmação de que será listada em uma grande corretora do...

ETF 100% Ethereum estreia hoje na B3

Nesta quarta (04) foi lançado o ETF 100% Ethereum na B3, bolsa brasileira. O fundo foi desenvolvido pela gestora QR Asset Management, a mesma...

Dotz vai permitir que clientes troquem pontos por bitcoin

A Dotz, uma das principais gestoras de pontos de fidelidade do Brasil, com uma grande quantidade clientes, pode ser mais uma forma de aproximar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias