Iq Option nega vínculo com trader de Bitcoin morto a tiros em Porsche

Em nota ao Livecoins, empresa nega que tenha qualquer vínculo com trader.

Wesley Pessano em palestra para traders
Wesley Pessano em palestra para traders/Instagram

A plataforma Iq Option enviou ao Livecoins uma nota onde nega qualquer vínculo com o trader que utilizava a plataforma e foi morto a tiros na última semana, quando estava trafegando em via dentro de um veículo de luxo.

O caso aconteceu na Região dos Lagos no Rio de Janeiro, quando o “Rei do Pullback” se encaminhava para cortar o cabelo em uma barbearia na região. Abordado por homens fortemente armados, o jovem recebeu vários disparos e faleceu na hora.

Com a repercussão do caso no Brasil todo, uma força tarefa foi criada por quatro delegacias da região, que querem entender se foi uma morte a mando de empresas concorrentes, que captam investidores para plataformas de rendimentos com criptomoedas.

Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu três por crime

Após a morte do trader Wesley Pessano Santarém, conhecido como “Rei do Pullback“, a polícia civil do Rio de Janeiro (PCRJ) continuou com as investigações, efetuando a prisão de três pessoas que podem estar envolvidas com o bárbaro crime.

“Desde a morte do empresário, os policiais realizaram diversas diligências para esclarecer o homicídio, incluindo análise de imagens de câmeras de vigilância e oitivas de testemunhas. As investigações prosseguem para apurar o envolvimento de outras pessoas e a motivação do crime.”

O assassinato aconteceu na última semana, no dia 4 de agosto, com o trader sendo morto em um Porsche vermelho.

Acompanhando o caso desde que ocorreu, o portal Rlagos liberou imagens exclusivas dos homens presos na Operação Pullback, da PCRJ, que prendeu os homens com ajuda da inteligência da PF e da PRF.

Iq Option nega qualquer vínculo com trader morto a tiros

Em nota ao Livecoins, a Iq Option, proibida pela CVM de operar no Brasil, nega que tenha alguma operação no país, assim como não tem vínculos com o ex-goleiro Bruno, que também apareceu em vídeos recentemente operando pela plataforma.

Segundo a empresa, alguns traders operam no Brasil usando a imagem da Iq Option para prometer rendimentos fixos no mercado, mas são golpes que não refletem a realidade do risco de opções binárias.

“A IQ Option não opera no Brasil e não possuía nenhum vínculo com o Sr. Wesley Pessano Santarém. A empresa também não tem qualquer vínculo com o ex-goleiro Bruno, que fez vídeos divulgando uma “trader” brasileira, não a plataforma IQ Option.

É importante destacar que ninguém é autorizado pela IQ Option a realizar publicidade em seu nome no Brasil, muito menos a captar investimento de terceiros.

Particularmente no Brasil tem havido casos de “TRADERS” prometendo lucros e retornos irrealistas a investidores e tais promessas não refletem a realidade do risco do mercado de opções binárias.

Quem deseja investir em qualquer mercado deve conhecer os riscos potenciais com antecedência e nosso site contém todos os avisos e informações necessários.”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias