Início Bitcoin Trader de Bitcoin “Rei do Pullback” é assassinado no Rio de Janeiro

Trader de Bitcoin “Rei do Pullback” é assassinado no Rio de Janeiro

Homem estava indo cortar o cabelo e foi alvejado.

Um empresário do ramo do Bitcoin, que se intitulava “Rei do Pullback”, foi brutalmente assassinado no Rio de Janeiro, com vários tiros a queima-roupa. O crime agora será investigado pela polícia, que já considera várias linhas para a motivação dos autores.

Wesley Pessano Santarém, de apenas 19 anos, tinha uma fama na cidade de Cabo Frio, onde ministrava cursos de investimentos em Bitcoin para as pessoas.

Natural do Rio Grande do Sul, o jovem morava na cidade há cerca de um ano e desfilava pelas ruas em um Porsche vermelho.

O local em que ele foi assassinado é São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, onde alguns crimes financeiros de pirâmide andaram se perpetuando. Não está claro ainda se ele trabalhava por conta ou com alguma empresa.

No último mês de julho, investidores de uma empresa da região até protestaram armados contra a suspensão dos saques de um negócio que oferecia rendimentos fixos com Bitcoin. Antes disso, um empresário local quase foi morto ao sair de casa.

Empresário do ramo do Bitcoin em Cabo Frio é assassinado em veículo de luxo

As causas para o novo ataque são muitas e deverão ser apuradas pelas autoridades locais em breve, visto que os autores do crime ainda não foram encontrados.

Nas redes sociais, Wesley costumava publicar algumas operações feitas por ele em Bitcoin e até no mercado forex, utilizando a plataforma Iq Option, proibida de operar no Brasil pela CVM. Em seu YouTube, o trader se autointitulava o “Rei do Pullback“, indicando que ele observava a reversão de tendências em operações no mercado.

Em canal do YouTube, Pessano se intitulava 'Rei do Pullback'
Em canal do YouTube, Pessano se intitulava ‘Rei do Pullback’/Reprodução

Após gravar alguns para seu stories no Instagram, com 130 mil seguidores, Wesley pegou seu veículo Porsche vermelho e foi cortar o cabelo na cidade vizinha de onde morava. Como a rua do estabelecimento estava cheia de buracos, ele conduzia devagar seu veículo de luxo, avaliado em mais de R$ 600 mil.

Próximo a uma esquina, ele foi abordado por homens armados, que logo efetuaram os disparos contra ele. Wesley morreu na hora, mas uma segunda vítima que estava com ele chegou a ser socorrida e levada a um hospital.

O corpo do homem que afirmava ser um trader de Bitcoin já foi levado ao Instituto Médico Legal para perícia. As investigações apuram se o crime foi cometido por algum motivo de causa pessoal, tentativa de roubo comum visto que ele trafegava em um veículo de luxo, ou alguma outra razão.

Trader publicou foto ao lado de veículo de luxo a poucos dias
Trader publicou foto ao lado de veículo de luxo a poucos dias/Instagram

Locais que acompanharam o crime divulgaram um áudio que cita até que um amigo do trader brigou recentemente com traficantes locais, que podem ter confundido ele. Isso porque, seu conhecido também teria o carro de cor vermelha.

Delegado que apura o crime cometido contra o “Rei do Pullback” afirma que investigação está em início

Ao portal de notícias Rlagos, o delegado Milton Siqueira disse que o caso, ocorrido na última quarta-feira (4), é muito prematuro e será investigado com calma. A polícia detectou de um cordão de ouro que estava com o trader foi levado, mas outros pertences não.

O policiamento da região foi reforçado após o crime que chocou a população local, pelo nível de brutalidade do crime, incomum nessa comunidade.