IRB-Brasil e B3 criam plataforma blockchain para seguros

Inovação importante para o futuro da tecnologia descentralizada no Brasil.

Siga no
B3 - a bolsa do Brasil blockchain
B3 - a bolsa do Brasil/Reprodução

A empresa IRB-Brasil, em parceria com a B3, anunciou nesta segunda-feira (26) a criação de uma plataforma blockchain. O foco da nova plataforma é ajudar o setor de seguros.

A B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) é uma das principais plataformas do mundo de negociação de ativos. No Brasil, ela é a principal bolsa de valores do mercado hoje, com sede na cidade de São Paulo.

Já a IRB-Brasil Resseguros S.A. é uma das empresas que prestam serviços no setor de seguros. A companhia é listada na bolsa com o símbolo “IRBR3” e tem registrado problemas em 2020.

A tecnologia blockchain surgiu em 2009, com a criação da criptomoeda Bitcoin.

IRB-Brasil e B3 criam uma plataforma com a tecnologia blockchain aplicada ao setor de seguros

O mercado brasileiro acompanha atento as ações da IRB-Brasil em 2020. Isso porque, após a IRBR3 atingir a máxima de R$ 41,67 no ano, despencou para R$ 6,85 na última sexta (23).

Mesmo com a empresa atravessando um momento duro em seu papel, algumas notícias recentes mostram que não há abalo na companhia. Na última semana, por exemplo, a IBR-Brasil anunciou ao mercado que uma ação civil pública contra a empresa foi negada pela justiça.

Nesta segunda, no entanto, a companhia anunciou ao mercado a criação de uma plataforma. Criada pela IRB-Brasil em parceria com a B3, a plataforma recorrerá à tecnologia blockchain em seu processo de inovação.

A informação foi compartilhada em nota pública feita por Werner Romera Süffert, VP de Relação com Investidores. O objetivo da nova plataforma é conectar assim corretoras, seguradoras e resseguradoras em uma única rede.

Com a plataforma, apontada como inédita no país, a IRB-Brasil espera então que as operações sejam realizadas pela internet.

Plataforma blockchain deve chegar em 2021 e ficará a disposição de reguladores

De acordo com a IRB-Brasil, a nova plataforma chega apenas em 2021 apesar do anúncio de hoje. Mesmo assim, sua chegada deverá trazer inovações ao setor e ficará ainda a disposição dos reguladores, segundo nota da IRB-Brasil.

“A ferramenta, que chegará ao mercado em 2021, é baseada na tecnologia blockchain e possibilitará concluir, em segundos, processos que hoje podem durar meses. O projeto poderá estar sujeito à apreciação dos órgãos reguladores, a depender do desenvolvimento a ser realizado”, afirmou Werner

A empresa ainda deixou claro que a blockchain surgiu no final dos anos 2000, permitindo a criação de registros imutáveis. Dessa forma, permite que informações gravadas nos blocos permaneçam seguras.

Além disso, com a blockchain as transações podem ser feitas sem intermediários. O Bitcoin, por exemplo, é a principal criptomoeda a utilizar essa tecnologia e foi a primeira aplicação blockchain bem sucedida.

A empresa por trás das ações da IRBR3 garante que a inovação aplicada ao setor de seguros será muito boa.

“APLICADA AO SETOR DE SEGUROS E RESSEGUROS, POSSIBILITARÁ NEGOCIAÇÕES MULTILATERAIS, COM
SEGURANÇA, ALTA VELOCIDADE E OFERTA DE INFORMAÇÕES PRECISAS EM TEMPO REAL”, AFIRMOU A EMPRESA EM NOTA AO MERCADO

Por fim, a IRB-Brasil não é a primeira empresa listada na B3 a utilizar a tecnologia blockchain. No entanto, é a primeira do setor de seguros no Brasil. A IRB-Brasil não deixou claro qual será a blockchain utilizada em sua plataforma ainda.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Criminosos exigem Bitcoin para não derrubar sites de empresas com ataque DDoS

Existem pessoas maldosas em todos os lugares e infelizmente a internet está infestada de gente em busca de oportunidade para aplicar golpes e praticar...

Historiador que “prevê bolhas” diz que Bitcoin tem valor baseado na fé que alguém...

Jeremy Grantham é um dos mais conhecidos investidores do mundo, tendo uma opinião bem respeitada em relação ao mercado financeiro. Em uma entrevista recente...

Motivos que podem fazer SEC aprovar ETFs Bitcoin

Joe Biden pode nomear para assumir a Comissão de Valores Mobiliários, Gary Gensler, um ex-professor do MIT que dava aula de blockchain. A notícia...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Historiador que “prevê bolhas” diz que Bitcoin tem valor baseado na fé que alguém vai comprar mais caro

Jeremy Grantham é um dos mais conhecidos investidores do mundo, tendo uma opinião bem respeitada em relação ao mercado financeiro. Em uma entrevista recente...

Motivos que podem fazer SEC aprovar ETFs Bitcoin

Joe Biden pode nomear para assumir a Comissão de Valores Mobiliários, Gary Gensler, um ex-professor do MIT que dava aula de blockchain. A notícia...

Bitcoin cai, Microstrategy compra

Segundo um relatório publicado pela SEC, a MicroStrategy comprou mais US $ 10 milhões em Bitcoin. O documento revela que a empresa comprou 314...

Biden ‘congela’ proposta de regular carteiras de criptomoedas

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, “congelou” a proposta de regular as carteiras de criptomoedas que havia sido sugerida pelo ex-secretário do Tesouro dos...

Empresa pagará salários em Bitcoin nos Estados Unidos

Uma empresa dos Estados Unidos afirmou, em comunicado na quinta-feira (21), que pagará os salários dos funcionários em Bitcoin, dando opção também em Ethereum....