Itaú abre duas vagas para programadores blockchain

Banco se posicionando no mercado de criptomoedas cada vez mais.

Tela do aplicativo do banco Itaú com notas de Real ao fundo
Tela do aplicativo do banco Itaú com notas de Real ao fundo

O Itaú Unibanco abriu duas vagas de trabalho para programadores blockchain, um delas com foco em contratos inteligentes. A vaga diz muito da crescente busca dos bancos por mais espaço no mercado de criptomoedas, que já começou a chegar nas instituições como produtos de investimentos.

No caso do Itaú, por exemplo, o banco ajudou em 2021 a empresa Hashdex a lançar o ETF 100% Bitcoin, mostrando que está interessado em trabalhar com esse mercado.

Além disso, o Itaú cogitou dar suporte às corretoras de Bitcoin caso a regulação evolua no Brasil em breve. Ou seja, o maior banco brasileiro está de olho nas oportunidades do mercado e deve acompanhar esse movimento com mais produtos em breve.

Itaú abre vagas para programadores blockchain: especialista em contrato inteligente e front-end

O maior bancão do Brasil agora resolveu entrar de vez no mercado de criptomoedas e blockchain, com duas vagas de trabalho em aberto no setor.

Ambas chamam a atenção para o clima de trabalho do Itaú, considerada uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil, além da presença em 18 países e mais de 55 milhões de clientes em seu portfólio.

Dessa forma, uma das vagas no Itaú é para programador blockchain com foco em contrato inteligente. Esse profissional precisa ter experiência em desenvolvimento de Smart Contracts, aplicações blockchain, APIs e End-User Applications.

Além disso, a experiência no Mercado de Tokenização, NFT, Criptomoedas, Ativos Digitais, Exchanges, Ethereum (EVM) e Padrões de Tokens ERCs (Exemplo: ERC-20), Experiência em DevOps e na construção esteiras de CI/CD na AWS, Conhecimento em Cloud Pública AWS,
Principais Design Patterns, visão de arquitetura de software e melhores práticas de mercado e ainda ter trabalhado com o conceito de Build & Run são exigidos na vaga.

Essa vaga para Desenvolvimento Blockchain – Smart Contracts está disponível pelo LinkedIn e pode ser acessada por quem tem conta nessa rede social. É importante notar que as vagas são em modalidade híbrida de trabalho, para a cidade de São Paulo.

A outra vaga aberta pelo Itaú para programador blockchain é para o front-end, também pelo LinkedIn. Assim como a outra vaga, essa também exige conhecimentos em criptomoedas e ferramentas para se trabalhar com esse mercado.

Mais empresas entrando neste mercado, para diferentes fins

O interesse do Itaú no mercado de criptomoedas não é exclusivo da instituição, mas sim uma tendência de mercado. Recentemente, o Grupo Primo abriu uma vaga de trabalho neste setor, mostrando que as empresas do mercado financeiro estão atentas ao movimento.

Contudo, uma produtora de jogos brasileira também procura candidatos com experiência em blockchain e NFTs, ou seja, não apenas empresas do mercado financeiro querem entrar no setor.

De qualquer forma, ver o maior banco brasileiro querendo profissionais com esse perfil é um movimento importante e deve ser seguido por outros em breve.

No Brasil, o Itaú é um dos bancos citados em um processo de concorrência desleal contra corretoras de Bitcoin que tramita no CADE.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias