Maior canal sobre criptomoedas recebe suspensão de três meses no Youtube

Ivan On Tech diz que o Youtube parece ter reiniciado o movimento de "expurgo" dos canais sobre criptomoedas

Siga no

Mesmo sem nenhum motivo concreto, o canal Ivan on Tech, popular produtor de conteúdos sobre criptomoedas, recebeu três meses de suspensão no Youtube. Aparentemente, a razão está associada a uma denúncia de outra grande conta da plataforma de vídeos. O canal de Ivan foi classificado como responsável por conteúdo prejudicial ou perigoso. O fato aconteceu logo após Ivan iniciar uma transmissão ao vivo para falar do recente preço do Bitcoin e do Halving previsto para maio.

Apesar de não ser constatada a presença de conteúdos “perigosos” no canal de Ivan on Tech, o aparente motivo pelo “strike” de três meses é o fato de que os algoritmos do Youtube não conseguem ver a diferença entre conteúdos educacionais e de possibilidade de golpes. Assim, o responsável pelo canal usou o Twitter para se manifestar, pedindo ajuda para o time do Youtube.

Em seu tweet, Ivan fala que o Youtube parece ter reiniciado um movimento de “expurgo” de conteúdos relacionados ao criptomercado. Atualmente, Ivan on Tech é o maior portal desta área no Youtube, e conta com cerca de 215 mil inscritos. Se o site não aceitar o pedido dos administradores da conta, ela ficará fora do ar até o mês de maio.

Uma tendência negativa para criadores de conteúdo

Já faz algum tempo que canais responsáveis por criar conteúdos relacionados ao criptomercado estão enfrentando problemas com seus vídeos. O Youtube já afirmou que o erro está muitas vezes relacionado ao processo de revisão do material que circula na plataforma. Além disso, há o fato de que diversos golpes envolvendo criptomoedas têm surgido no site, disfarçados de supostas transmissões ao vivo de especialistas neste tipo de ativo.

Canal Ivan On Tech
Canal Ivan On Tech

Consequentemente, isso traz um quadro bastante complicado para os produtores de conteúdos sérios sobre o criptomercado. Há um limite tênue por parte do Youtube entre a censura de vídeos nocivos para seus usuários e a falta de métodos de controle mais eficientes para materiais inofensivos. Assim sendo, adquire um caráter de complexidade maior do que deveria.

Em janeiro, o canal The Moon Carl já havia profetizado a possibilidade de novas censuras para vídeos ao vivo sobre o criptomercado. O fato ocorreu no último final de semana e até o momento ainda não há informações sobre um possível desfecho para a situação.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

Dono da maior corretora de criptomoedas da Rússia é preso

Dmitry Vasiliev, ex-CEO e fundador da exchange de criptomoedas da Rússia, Wex, foi preso no começo de agosto pela Interpol e levado para um...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Mais de 60 corretoras de bitcoin deixarão de funcionar na Coreia do Sul

A Comissão de Serviços Financeiros (FSC) da Coreia do Sul, como muitas outras jurisdições, está aumentando o cerco regulatório em relação as corretoras do...
Gráfico de preço da Cardano em alta

99% dos contratos inteligentes da Cardano continuam inativos

A atualização da rede Cardano para que ela passasse a ter contratos inteligentes foi um dos momentos mais aguardados pelos investidores da moeda digital....

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias