O próximo halving do Bitcoin será o mais importante

Agora sim a moeda terá motivações para crescer sua adoção!

Siga no
Halving do bitcoin
Halving do bitcoin

O halving do Bitcoin, marcado para o próximo mês de maio de 2020, poderá ser o mais importante de todos. Isso porque, a moeda ganhará um destaque em relação aos principais índices econômicos mundiais.

De acordo com um analista, a moeda digital ganhará uma imensa visibilidade com este evento. O halving do Bitcoin, para quem ainda não sabe o que é, possui relação com a mineração da moeda.

Para criar Bitcoins, Satoshi Nakamoto implementou um mecanismo de consenso chamado de Proof Of Work. Neste, máquinas específicas disputam a criação de um bloco na rede, obtendo uma recompensa ao encontrar. Atualmente, a recompensa por bloco encontrado é de 12,5 BTC (R$ 463 mil). A cotação do Bitcoin em real utilizou o preço em R$ 37 mil, registrado em 18 de janeiro.

A cada 210 mil blocos encontrados, que dá em média quatro anos considerando a atual taxa de emissão de blocos, a recompensa é diminuída pela metade. Ou seja, menos bitcoins são criados com os blocos, até que se chegue ao limite máximo de 21 milhões de moedas mineradas. Em maio de 2020, a recompensa por bloco passará a ser de 6,25 BTCs (R$ 231 mil).

Halving do Bitcoin é importante, próximo pode ser mais

De acordo com o criptoanalista Peter C. Earle, pesquisador do Instituto Americano de Pesquisa Econômica, o próximo halving do Bitcoin será destaque. As motivações para esse destaque é que o halving diminuirá a inflação do Bitcoin.

Em um processo de emissão de moedas, o processo de inflação é sempre uma importante medida a ser considerada. Caso a inflação seja alta, há um enorme aumento de preços dos produtos, que acaba por sufocar investimentos e compras da população.

No FED, Banco Central dos EUA, é esperado que haja uma inflação de 2% na emissão de Dólar em 2020. A inflação do país, baseada em IPC, é esperada para fechar este ano em cerca de 1,9%, segundo Peter.

Contudo, com a diminuição da recompensa por bloco do Bitcoin, a moeda digital estará inflando 1,8% ao ano. Fica claro que a medida inflacionária da moeda ficará menor que da principal potência do mundo, ou seja, o evento dará destaque econômico para o Bitcoin.

Peter lembrou ainda que o Bitcoin tornará a compra de um produto mais barata com o tempo. Ou seja, a moeda possui um caráter deflacionário, que é contrário da inflação, quando os preços ficam mais caros.

Inflação do Bitcoin é controlada por algorítimos pré-programados

Para Peter, a política econômica do Bitcoin é contrária a realizada pelos Bancos Centrais. Os BCs normalmente imprimem dinheiro para jogar no mercado, incentivando o consumo, principalmente através de Quantitative Easing (QE).

Essa prática, também chamada de Flexibilização Quantitativa, envolve criar dinheiro novo. O impacto é direto na inflação, uma vez que os preços da economia sobem. Alguns bancos centrais fazem isso, inclusive, quando há risco de deflação na economia.

Para Peter, o halving assim como a quantidade de emissão limitada em 21 milhões de moedas, faz com que o Bitcoin seja contrário ao ideal de Bancos Centrais. O analista afirmou que o Bitcoin possui a prática de Quantitative tightening (QT), contrária ao QE.

Também chamado de aperto quantitativo, o QT torna o Bitcoin ainda mais atrativo do ponto de vista econômico em relação a outras moedas. Como a inflação do Bitcoin é controlada pelo próprio algoritmo, não há dúvidas do funcionamento desta na economia. Ou seja, o Bitcoin poderá, a partir do próximo halving de maio, ser considerado importante e de destaque econômico mundial.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Universidad Americana Imagem: Divulgação

Universidade privada do Paraguai vai aceitar pagamentos em Bitcoin e Ethereum

A Universidade Americana do Paraguai vai começar aceitar pagamentos em criptomoedas a partir de agosto, os alunos poderão pagar por cursos e graduação com...
Mulher usa ATM do Santander no Reino Unido

Santander testa ferramenta para rastrear criptomoedas

O Santander quer entender como os seus clientes usam as criptomoedas em simultâneo as contas correntes. Para isso, o banco testou uma ferramenta da...
john mcaffe

Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias