Escritora de Harry Potter quer aprender sobre Bitcoin

“Eu não entendo o Bitcoin. Por favor, me explique.” Disse a autora do fenômeno mundial.

-

Siga no
J K Rowling. Imagem: Youtube
J K Rowling. Imagem: Youtube
Anúncio

Muitas coisas estão acontecendo no mercado das criptomoedas, principalmente para o Bitcoin em termos de adoção. Estamos vendo sinais de interesse em massa, e até a escritora de Harry Potter está querendo entender como a moeda digital funciona.

J.K. Rowling é uma das escritoras mais influentes das últimas décadas e responsável pelo megassucesso infanto-juvenil Harry Potter. Com um nome tão importante e tão grande dentro de diferentes setores, é muito animador ver que ela está interessada em saber mais sobre Bitcoin.

Além de ser muito importante para o ecossistema ter cada vez mais pessoas (principalmente as influentes) interessadas na rede, o ocorrido também tem a possibilidade de levar o nome “Bitcoin” para os mais de 14 milhões de seguidores de Rowling.

Anúncio

Harry Potter
Harry Potter

Tudo aconteceu no Twitter (claro), quando Leigh Cuen, escritora do CoinDesk, postou que uma famosa escritora estava perguntando sobre Bitcoin para ela.

“O sinal mais positivo que vi a semana toda foi uma novelista mainstream (que eu não vou nomear, mas é muito boa e não escreve ficção científica) me marcou (sem eu pedir!) para perguntar sobre o Bitcoin. Agora eu considero essa semana um sucesso.”

Alguém então sugeriu que poderia ser J. K. Rowling, Leigh então responde que “se fosse ela, eu teria morrido.” Pouco tempo depois a própria criadora do Harry Potter respondeu ao tuíte, pedindo explicações sobre o Bitcoin para Leigh e, consequentemente, para outros que tinham respondido ao Thread.

“Eu não entendo o Bitcoin. Por favor, me explique.”

Após a troca de mensagens, Leigh responde que sua caixa de mensagens está aberta para a autora poder perguntar mais, mas que de forma curta o Bitcoin é “Um dinheiro mantido por uma comunidade de contribuidores. Não existe rei ou banco central no comando.”

Sinais de adoção em massa?

Katy Perry, famosa diva pop, também foi um dos nomes a ter interesse por Bitcoin há alguns anos.

Quando temos grandes nomes assim perguntando mais sobre o Bitcoin, é possível entender que esse é um bom sinal em relação a adoção da criptomoeda. Apesar de ter crescido muito nos últimos 10 anos, o ecossistema do Bitcoin ainda tem espaço e precisa crescer muito.

A exposição causada por esse tuíte pode ser ótima. Mas alguns que estavam acompanhando a história alertaram para como esse tipo de atenção foi sinal de venda no passado.

“Parentes e amigos perguntando sobre qualquer ativo geralmente é um forte sinal de venda. Eu tive que desencorajar muitas pessoas que não eram do criptomercado de comprar na alta histórica de 20 mil. Se lembra das Unhas da Katy Perry?”

Em janeiro de 2018, logo antes da queda de 80% no Bitcoin, Katy Perry tinha pintado as suas unhas com a logo de diversas criptomoedas.

Leigh respondeu que “Eu não quis dizer positivo para o preço, mas sim em relação ao Bitcoin continuar sendo dinheiro.”

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Avatar
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

Pacientes de psicoterapia sofrem extorsão de hackers

Em 2020, principalmente após a pandemia da COVID-19, muitas pessoas começaram a buscar serviços online. Para alguns pacientes de psicoterapia, que agora sofrem extorsão...

É animador o fato de autoridades brasileiras discutirem criptomoedas, diz OCDE

Para a OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), é animador o fato de as autoridades financeiras brasileiras discutirem a regulamentação das criptomoedas. Além disso,...

Meu Pé de Bitcoin é alvo de reclamações de clientes

A empresa Meu Pé de Bitcoin, com sede em Caruaru, no interior de Pernambuco tem sido acusada por clientes de não honrar com as...