Diretor jurídico da Unick se entrega e cumpre prisão em casa com tornozeleira eletrônica

Um dos principais líderes da Unick, Fernando Lusvarghi, conseguiu prisão domiciliar

Siga no
Exemplo de tornozeleira
Exemplo de tornozeleira

Fernando Marques Lusvarghi, diretor jurídico da Unick e dono da SA Capital se entregou para a polícia no último dia 22 (sexta). Ele era considerado foragido desde o dia 17 de outubro, quando a PF deflagrou a operação Lamanai que desarticulou a empresa que operava uma esquema de pirâmide financeira. As informações são do Jornal NH.

Quando foragido, Fernando Lusvarghi pediu liberdade provisória, que foi negada pela justiça em novembro. Sua defesa entrou com pedido de habeas corpus, alegando que quando os mandados de prisão eram cumpridos, ele estava em Brasília, em compromissos profissionais, Fernando disse que se entregaria desde que a prisão fosse revogada.

Fernando trocou passaporte por tornozeleira eletrônica

Fernando se entregou e está em casa, em São Paulo, com uma tornozeleira eletrônica. Ele teve que entregar seu passaporte, está proibido de contactar os outros investigados, não pode acessar a internet nem movimentar qualquer conta bancária. O diretor jurídico da Unick também não pode sair do raio de sua residência e tem que manter a bateria da tornozeleira carregada.

Fernando foi beneficiado pela prisão domiciliar porque “não havia cela disponível para o advogado”. A justiça mandou Fernando para casa “enquanto não surgirem nos autos informação de local que atenda aos requisitos mínimos inerentes a uma sala de Estado-Maior”. 

Caso ele descumpra qualquer uma das obrigações acima, ele pode perder o direito de prisão domiciliar:

“Desde já fica advertido o preso que o descumprimento de qualquer das obrigações causará a revogação imediata do benefício de liberdade provisória e expedição de ordem de prisão”.

Atuação de Fernando na Unick

O advogado de 33 anos atuou como diretor jurídico da UNICK, se apresentado a clientes como integrante da equipe jurídica da empresa e como diretor.

Trabalhou ao lado de Leidimar Lopes, o presidente da Unick. Fernando também teria participado da administração e gerência da UNICK, planejando suas atividades, e, a partir de sua empresa SA CAPITAL, prestado garantia fictícia aos investidores da UNICK por meio do empreendimento “Eldorado de Brasília”.

Leidimar Lopes tenta liberdade e Danter Silva continua preso

Leidimar Lopes, principal nome por trás da Unick Forex também tentou habeas corpus no STJ, que foi negado na semana passada.

Danter Navar Silva, diretor de Marketing da Unick continua preso. A justiça já aceitou denúncia contra 15 investigados, todos de alto escalão. Além disso, 1.200 líderes da pirâmide estão na mira da justiça. 

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Imagem: Adobe Stock

Idosa de 77 anos perde tudo em golpe com Bitcoin

Após decidir participar do mercado de criptomoedas, uma idosa de 77 anos caiu em um golpe e perdeu todas as suas economias. O caso...
Montes de Bitcoins e Dólares em negociação transação compra venda

Empresa que rastreia criptomoedas desde 2014 compra Bitcoin pela primeira vez

Uma empresa que rastreia criptomoedas para governos desde 2014 anunciou nesta terça-feira sua primeira compra de Bitcoin como reserva de valor. Em 2021, muitas empresas...

Rússia pode usar Bitcoin para evitar sanções dos EUA

Alexander Pankin, vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, falou ao Interfax sobre os caminhos que seu país pode tomar para evitar sanções americanas, considerando...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias