Justiça dos EUA apreendeu mais de 70 mil bitcoins desde novembro de 2020

Juntamente com as pequenas quantidades e as 3 grandes apreensões de Bitcoin, chega-se ao valor recorde de 70.041 BTC.

Siga no
Bitcoin Dólar e Bandeira dos Estados Unidos EUA
Bitcoin, Dólar e Bandeira dos Estados Unidos EUA

Aparentemente o governo dos Estados Unidos está acumulando Bitcoin como nunca antes. Documentos do departamento de justiça dos EUA revelam que grandes quantidades da moeda digital estão sendo mantidas na posse do governo americano.

Um documento do departamento de justiça dos EUA revela que no dia 3 de novembro, alguém identificado como “Indivíduo X” assinou um acordo aceitando o confisco de 69.370 BTC. Esses bitcoins foram transferidos para uma carteira digital controlada pelo governo dos EUA.

Mais tarde a mídia americana descobriu que os bitcoins eram da SilkRoad e o caso ficou famoso no mundo todo.

O site kevinrooke.com destacou que a transação de quase US $ 1 bilhão chamou a atenção e por isso passou a monitorar avisos de apreensão de bitcoins no Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Três meses depois de muita coleta de dados o site divulgou o que parece ser a descoberta de um “padrão estranho”.

“Parece que o governo dos EUA está fazendo o possível para minimizar o fato de que eles estão acumulando um saldo de Bitcoin.”

Depois da SilkRoad, mais bitcoins foram apreendidos

Com o anúncio de confisco de 69.370 bitcoins em 3 de novembro, os responsáveis pelo site passaram a rastrear o fluxo de ativos digitais confiscados para tentar descobrir a atuação das agências do governo dos EUA em relação ao confisco de criptomoedas e quão grandes e valiosas estavam sendo essas apreensões.

Dessa maneira houve uma busca diária no site do Departamento de Justiça por novos avisos relacionados a apreensão de Bitcoin.

Segundo a reportagem, em novembro, foram encontrados 11 autos de infração relativos a 7 confiscos de Bitcoin, um total de 41,2232813 BTC.

Já em dezembro aconteceu a mesma coisa, os confiscos continuaram, totalizando 11.0364055 BTC nos primeiros 21 dias do mês.

Não foram grandes valores e durante 9 dias não houve nenhuma atualização nos sites do departamento de justiça dos EUA, até que na véspera de ano novo, um novo caso foi relatado, o site registrou um novo confisco de 391.5873617 BTC (US $ 12 milhões).

Confisco bitcoin ano novo EUA
Confisco bitcoin ano novo EUA

Em janeiro de 2021 outros 5 casos de confisco foram registrados e publicados no site, um total de 31.1742004 BTC nos primeiros 19 dias deste ano.

Na quarta-feira (20), um grande aviso de confisco de Bitcoin foi relatado pelo departamento de justiça, foram 279.543012 BTC apreendidos.

Confisco bitcoin posse Biden
Confisco bitcoin posse Biden

Estranho padrão

Juntamente com as pequenas quantidades e as 3 grandes apreensões de Bitcoin, chega-se ao valor recorde de 70.041 BTC.

É quase a mesma quantidade que a MicroStrategy comprou em 2020, cerca de 70.470 bitcoins.

Vale destacar que o “estranho padrão” detectado é que os bitcoins confiscados já haviam sido apreendidos mas não tiveram suas posses registradas, o departamento de justiça dos Estados Unidos escolheu justamente datas que não chamassem a atenção da mídia:

  1. Primeiro anúncio de confisco: 69.370 BTC em 3 de novembro (eleição americana)
  2. Segundo anúncio de confisco: 391.5873617 BTC 31 de dezembro (véspera de ano novo)
  3. Terceiro anúncio de confisco: 279.543012 BTC (dia da posse de Biden)

As informações relativas as apreensões costumam desaparecer alguns dias depois.

“Me chame de louco, mas parece que o Departamento de Justiça está fazendo um clássico ‘depósito de notícias de sexta à noite’ por seus grandes confiscos de Bitcoin.”, diz o site que monitorou as transações.

Por que o governo americano está agindo assim?

Depois de monitorar os comunicados, o site tenta entender, sem chegar a uma conclusão, os motivos que podem estar motivando a justiça dos Estados Unidos a agirem dessa forma.

“Um touro Bitcoin pode dizer que a justiça americana está tentando limitar a atenção da mídia para acumular silenciosamente a moeda digital.”

“Um urso Bitcoin pode dizer que a justiça quer limitar a atenção da mídia para que eles possam vender seus ativos confiscados discretamente.”

“Um crítico do Bitcoin pode dizer que a justiça quer limitar a atenção da mídia apenas para evitar dar mais atenção à moeda digital”

Cada vez que o Bitcoin vira notícia em sites grandes a comunidade fica mais forte. Cada tentativa de caluniar a comunidade ou pintar o Bitcoin como uma ferramenta de traficantes de drogas apenas criou mais interesse para a moeda digital.

Em vez de atrair a atenção para o Bitcoin, o DoJ pode apenas estar tentando minimizar sua importância na esperança de que as pessoas o esqueçam.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Diego Marques
Começou em 2016 como um dos primeiros redatores do Guia do Bitcoin. Diego tem preferência por notícias que podem influenciar o preço das criptomoedas, mas também gosta de escrever curiosidades do cripto-universo.

DeFi: três setores de grande potencial

De acordo com dados da Messari, o volume trimestral das Corretoras Descentralizadas (DEXs) no final do segundo trimestre de 2021 foi de R$ 2...
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...
Dedo encostando em aplicativo da Binance

Binance está sendo investigada por manipulação de mercado, diz Bloomberg

A maior corretora de criptomoedas do mundo, Binance, está sendo investigada nos Estados Unidos por suposta manipulação de mercado e inside trading, de acordo...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias