Binance pode ser investigada pela Justiça e Receita americana, diz site

As agências federais não acusaram a Binance de irregularidades.

Siga no

O Departamento de Justiça dos EUA (DOJ) e a Receita Federal americana (IRS) podem estar investigando a Binance – a maior corretora de criptomoedas do mundo.

De acordo com a Bloomberg, citando fontes com conhecimento do assunto, funcionários das duas agências que investigam lavagem de dinheiro e crimes fiscais estão buscando indivíduos com informações sobre a empresa.

As investigações devem focar um relatório da Chainalysis que revelou que US $ 2,8 bilhões ilícitos em Bitcoin fluíram para corretoras em 2019. A empresa de analises determinou que cerca de US $ 756 milhões foram para Binance.

As agências federais não acusaram a Binance de irregularidades.

Binance responde

A corretora respondeu que cumpre todos os regulamentos de combate à lavagem de dinheiro nas jurisdições em que opera e trabalha com parceiros como a Chainalysis para melhorar seus sistemas.

A porta-voz da Binance, Jessica Jung, disse que a empresa leva suas obrigações legais “muito a sério”:

Levamos nossas obrigações legais muito a sério e nos envolvemos com os reguladores e agentes da lei de forma colaborativa.

Poucos minutos depois que a matéria da Bloomberg foi publicada, o CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, twittou: “Quanto FUD hoje. É uma dor para alguns, uma oportunidade para outros.”

O empresário por trás da corretora também criticou a matéria da Bloomberg, dizendo que ela tinha um título ruim.

“O título da “notícia” é ruim. O artigo em si não é tão ruim na verdade (mas quem lê). A matéria descreve como a Binance colaborou com agências de aplicação da lei para lutar contra agentes malicioss, mas de alguma forma fez com que parecesse uma coisa ruim … Rosto pensativo… Enfim. De volta ao trabalho.”

Apesar de a investigação das agências não terem sido divulgadas oficialmente, as fontes da Bloomberg disseram que a investigação está sendo conduzida pela unidade de integridade do banco do DoJ, que investiga casos complexos de empresas financeiras.

Já no caso da investigação da IRS, é um problema separado e, segundo consta, vem ocorrendo há meses.

Esta não é a primeira vez que os reguladores dos EUA batem na porta da Binance. Em março, a Bloomberg disse que a CFTC estava investigando se a empresa estava permitindo que residentes dos Estados Unidos comprassem e vendessem derivados regulados pela CFTC.

Bitcoin em queda

Apesar de a matéria da Bloomberg deixar claro que a Binance não cometeu nenhuma irregularidade, os investidores entraram em pânico e a moeda digital, que já enfrentava uma queda devido as mais recentes declarações de Elon Musk, acabou afundando ainda mais.

Só nas últimas 24 horas o Bitcoin desabou quase 13%, sendo 2% somente depois da notícia.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Celular com Dogecoin e Computador também atualização

Atualização da Dogecoin é acompanhada de perto por Elon Musk

O bilionário Elon Musk está acompanhando uma atualização da Dogecoin que será testada na próxima quarta-feira (23). Para o CEO da Tesla, a nova...
GPUs. Imagem: ShutterStock

Após China banir mineração de criptomoedas, placas de vídeo começam baratear

A batalha das autoridades chinesas contra os mineradores de criptomoedas levou não apenas a queda nos preços dos ativos digitais, mas também a uma...

Debate Descentralizado: ainda vale investir em eventos de Bitcoin?

Empresas relacionadas com Bitcoin e demais criptomoedas possuem um nicho muito específico para diálogo. Em termos de anúncios, não é qualquer via que satisfaz a...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias