Justiça francesa vai leiloar 611 bitcoins

O preço inicial será decidido no dia da venda pelo leiloeiro, que será de 40 a 60% do preço de mercado do Bitcoin no dia da venda.

Siga no

Pela primeira vez na França, bitcoins serão leiloados pela justiça, cerca de 500 lotes serão colocados à venda. Os bitcoins avaliados em 26 milhões de euros ao preço atual da criptomoeda, pertencia a cibercriminosos antes de serem apreendidos pela Agência de Gestão e Recuperação de Ativos, o órgão público encarregado de apreensões em processos criminais.

O leilão ocorrerá no dia 17 de março de 2021 e será transmitido ao vivo pela internet. Durante o evento, a casa de leilão Kapandji Morhange colocará à venda 611 bitcoins apreendidos pelo estado francês, o preço inicial será decidido no dia da venda pelo leiloeiro, que será de 40 a 60% do preço de mercado do Bitcoin no dia da venda.

As inscrições – através do site interenchères.com – estão abertas até 13 de março, porém com certas condições de participação. Em particular, um depósito antecipado deve ser pago: 1.500 euros para o primeiro lote à venda e 10.000 euros para o segundo lote.

“Unidades menores serão disponibilizadas pela manhã, seguidas à tarde por lotes maiores de até 20 unidades. As estimativas serão definidas na véspera da venda, dependendo do valor do bitcoin no momento, e os leilões começarão a 60% do preço”, explica Ghislaine Kapandji, leiloeira responsável pela venda.

Desde a Lei Macron, publicada em 7 de agosto de 2015, os leiloeiros judiciais estão autorizados a vender bens móveis intangíveis. É o caso do Bitcoin, mas até então, nenhum Bitcoin havia sido leiloado pela justiça do país, ao contrário dos Estados Unidos, que estão acostumados com esse tipo de venda desde 2014, com a primeira apreensão de criptomoedas no caso do Silk Road.

Primeiro leilão de Bitcoin na França

“É totalmente novo. Será o primeiro leilão público judicial de criptomoeda na França”, especifica a representante da casa de leilões, que colocará 437 lotes de 0,11 a 2 bitcoins, e 42 lotes de 5 a 20 bitcoins.

Os bitcoins foram confiscados de um cibercriminoso pela justiça francesa no início de 2020. Na época, foi a primeira vez que os tribunais apreenderam a moeda digital e cada ativo era negociado na faixa dos 4.500 euros.

Como acontece com todos os bens confiscados, a justiça quer vender as criptomoedas, mas como vender Bitcoin não é o mesmo que vender um carro, levou tempo para garantir a transação. Quase um ano e meio depois, está tudo pronto para o leilão.

Leilão Bitcoin França
Leilão Bitcoin França

Todos interessados devem se registrar para a venda antes da meia-noite de 13 de março e devem assinar um termo que informa os clientes sobre as regras da venda.

Outro formulário disponível no site da Interencheres deve ser preenchido com informações precisas sobre os futuros compradores por questões de solvência e segurança de transações. Depois de validado o cadastro, essas pessoas podem participar da venda.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Polícia descobre mineração ilegal de Bitcoin dentro do próprio quartel

A polícia de diversos países continua de olho nas atividades ilegais de mineração que utilizam energia roubada para obter lucros com criptomoedas. Um caso...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Ethereum será atualizado no dia 4 de agosto e se tornará deflácionário

Nos últimos dias os participantes de grupos de criptomoedas têm perguntado se a atualização de uma certa criptomoeda fará a alta do Bitcoin ser...
Mão segurando Bitcoin e bandeira da Malásia

“Clientes da Binance devem sacar fundos imediatamente”, diz CVM da Malásia

A CVM da Malásia afirma que os investidores de criptomoedas devem sacar seus fundos imediatamente da Binance, que receberá medidas coercitivas em breve. A nova...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias