Litecoin valoriza 61% em 1 semana e ultrapassa R$ 500

Litecoin valorizou 172% nos últimos 30 dias

Siga no

Seguindo o movimento de alta do Bitcoin, uma criptomoeda esquecida, mas antiga, surpreendeu o mercado. A Litecoin, considerada a prata digital valorizou 61% nos últimos 7 dias e agora é negociada na faixa dos $ 110 (R$ 560).

Só nas últimas 24 horas o ativo digital valorizou cerca de 16%, levando sua capitalização total de mercado para US $ 6,6 bilhões. Os detentores da moeda, que há 3 anos era avaliada em apenas US $ 4, com certeza tem motivos para sorrir.

Litecoin é uma das primeiras altcoins (criptomoeda alternativa) a serem criadas, hoje ela é a quinta criptomoeda mais valiosa do mundo em termos de capitalização de mercado. Enquanto o Bitcoin é considerado o ouro digital, a Litecoin é comumente citada como a prata.

A maioria das criptomoedas valorizaram junto com a alta do Bitcoin, um movimento comum no mercado, mas a Litecoin foi uma das que tiveram o melhor desempenho.

Enquanto a alta do Bitcoin é impulsionada por investidores institucionais, a alta da Litecoin é atribuída principalmente ao mercado de varejo.

Como o Bitcoin atualmente é considerado “caro”, as pessoas procuram outros ativos com menor preço e com alto potencial de valorização.

Dentre as 10 principais criptomoedas do mercado nenhuma valorizou tanto quanto a Litecoin nos últimos 30 dias. A moeda digital superou até mesmo o desempenho do Bitcoin, que teve ganhos de 124% no período. A Litecoin, por outro lado, acumula alta de 172%.

Outras criptomoedas que estão com altas de três dígitos são: XRP (148%) e Cardano (104%). Ethereum valorizou 90% no mesmo período e a moeda da Binance, BNB, valorizou 43%.

Se a alta do Bitcoin for interrompida por qualquer motivo e a moeda digital enfrentar uma correção, é de se esperar que as altcoins caiam ainda mais. Portanto, as pessoas que apostam em criptomoedas alternativas precisam ficar de olho no movimento do Bitcoin caso queiram manter os lucros.

Atualmente existem mais de 7 mil criptomoedas e todas são influenciadas diretamente ou indiretamente pelo preço do Bitcoin. A grande maioria dessas moedas não têm futuro e outra grande parte foi criada apenas para enriquecer seus criadores.

No meio de um oceano de moedas existem várias que são respeitadas e aceitas pelo mercado por trazerem inovação e utilidade real, uma dessas moedas é a Litecoin, que foi criada em 2011 com objetivo de ser mais leve que o Bitcoin.

A moeda foi criada por um ex-funcionário do Google chamado Charlie Lee, que, como muitos outros amantes da blockchain, Lee acreditava que o código Bitcoin podia ser melhorado e então criou sua versão que é 4 vezes mais rápida que o Bitcoin.

A moeda se tornou amplamente utilizada para transações mais rápidas e com taxas menores.

Pode ser que a moeda deixe de existir um dia? Claro, mas atualmente ela tem muitos apoiadores. Sua valorização recente acima do mercado e sua capitalização provam isso.

Resta saber se ela será abandonada algum dia e ver seu valor cair ou se será considerada para sempre a prata digital.

Uma coisa é certa, concorrente a ser a prata digital e até o ouro digital é o que não falta.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

“Bitcoin é uma grande bolha”, diz pesquisa do Bank of America

Apesar de muitos entusiastas de criptomoedas argumentarem que o Bitcoin já provou, além de qualquer dúvida razoável, que não é uma bolha, muitos gestores...

Binance anuncia listagem de ações da Coinbase

A Coinbase, a maior corretora de criptomoedas dos EUA, vai se tornar uma empresa de capital aberto nesta quarta-feira (14), sendo listada na Nasdaq,...

Com IPO da Coinbase, Bitcoin bate novo recorde e supera R$ 375 mil

O preço da criptomoeda mais famosa do mundo bateu um novo recorde na manhã desta quarta-feira (14). Enquanto o mundo aguardava a primeira IPO...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias