Mais de R$ 72 bi já foram roubados em criptomoedas, revela estudo

EOS é campeã de ataques hackers

Siga no

Os ataques hackers dentro do mercado de criptomoedas são bem comuns e acontecem diariamente. De acordo com dados da empresa de pesquisa sobre blockchain Slowmist, esses golpes já conseguiram roubar US$ 13 bilhões (cerca de R$ 72 bi) em um total de 289 ataques hackers.

Esses ataques tiveram um pico de interesse a partir de 2017 e continuaram ganhando força até então. Curiosamente, as estatísticas do site não contam com ataques individuais de menor escala, como ransonwares e também não contam com golpes de pirâmide financeira e outros tipos de atividades fraudulentas. Sendo assim, o valor total roubado por “hackers” pode ser maior.

Mas um fato interessante é que todos esses ataques mostram que há diferentes falhas em muitos setores do criptomercado, desde a blockchain por si só até falhas nas carteiras utilizadas por muitos investidores.

Uma das principais fontes de roubos de criptomoedas são as corretoras centralizadas, já que elas podem garantir grandes quantidades de criptomoedas com poucos ataques. Ao todo foram 78 ataques, responsáveis por roubarem mais de US$ 4,5 bilhões desde 2012.

Ataques a essas instituições podem acabar sendo desastrosos e até mesmo destruir a corretora para sempre, como foi o caso da Cryptopia e da Mt.Gox. Claro, os clientes foram os que mais perderam nessa história.

Outro destaque interessante são os hacks de blockchains, que nem sempre ocasionam perdas diretas. Como por exemplo a eleição da Rússia que foi feita através da Blockchain, mas os dados foram roubados e posteriormente vendidos no mercado negro. Claro, há também os ataques de vulnerabilidades na blockchain que também acabam gerando o roubo de fundos dos investidores.

EOS é campeã de ataques hackers

Os aplicativos descentralizados (dApps) feitos na blockchain EOS são os campeões de ataques hackers, com 115 ataques desde o seu lançamento, há dois anos.

Protocolos com base no Ethereum sofreram perdas de mais de US$ 142 milhões em ataques. Moedas com padrão ERC-20 tiveram uma perda total de US$ 1.15 bilhões.

O valor total de US$ 13 bilhões é um número impressionante, principalmente quando notamos que esse valor é maior que a capitalização total de mercado do XRP, a terceira maior moeda digital do mundo.

No entanto, vale notar que esses ataques ajudam o setor a ficar mais forte, já que o mercado aprende com seus erros.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Olho com Bitcoin

130 mil pessoas tiveram os olhos escaneados para ganhar criptomoedas de graça

A Worldcoin é um projeto que pretende distribuir criptomoedas de forma justa. Para evitar falsificações de identidade, o plano da empresa é escanear a...
Bitcoin dentro de cofre como poupança

Fundo de pensão dos bombeiros nos EUA compra US$ 25 milhões em Bitcoins

O Fundo de Pensão serve para garantir a tranquilidade de funcionários de diferentes setores no futuro. Em Houston, no Texas, Estados Unidos, o Fundo...
Bitcoin e criptomoedas em ETF

Segundo ETF de Bitcoin pode ser lançado amanhã na Nasdaq

Muitos pensavam que o ETF de Bitcoin da Valkyrie seria o primeiro a ser aprovado, todavia o mercado foi surpreendido pelo lançamento do ETF...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias